My Partner
Census
Sebrae
Lytron

Produção industrial da zona do euro tem maior avanço desde 1991

A reforma trabalhista preliminar aprovada pelo governo da Espanha ajudará a criará empregos e aumentar a confiança em uma economia que vem lutando para se recuperar, disse o premiê espanhol, Jose Luis Rodriguez Zapatero. O governo espanhol apresentou o projeto a sindicatos e líderes empresariais, após não conseguir chegar a um consenso sobre a reforma em longas discussões de três vias.
“Ela [a reforma] vai facilitar a criação de vagas e a estabilidade de empregos, e vai gerar confiança na economia da Espanha a médio prazo”, afirmou Zapatero, durante coletiva de imprensa. A proposta elaborada pelo governo defende os direitos dos trabalhadores, oferecendo flexibilidade para que eles se adaptem às circunstâncias difíceis, disse ele. Economistas avaliam a reforma das inflexíveis leis trabalhistas na Espanha como um passo crucial para restaurar a produtividade do país e colocar sua economia de volta ao crescimento, após ser fortemente afetada pela crise imobiliária. A taxa de desemprego na Espanha é a mais elevada da zona euro, em 20%.

Share

Related posts