Census
Lytron
My Partner
Sebrae
sensus

Dieta da região norte de Portugal pode evitar problemas cardíacos

Habitantes do norte português e da região espanhola da Galícia têm índices baixos de morte por doenças cardíacas, segundo estudo liderado por Andreia Oliveira, da Universidade do Porto.
A porcentagem de mortes causadas por problemas do coração nessa parte do mundo é similar à da França, Itália e Grécia, onde as pessoas costumam seguir a dieta mediterrânea.
Nesses países, comem-se muitas frutas, verduras, óleo de oliva, grãos integrais e nozes, e pouca carne vermelha.
A dieta portuguesa inclui muito peixe, especialmente bacalhau, carne vermelha, porco, laticínios, batata e vinho durante as refeições, de acordo com os pesquisadores.
Para investigar se o padrão alimentar tem algo a ver com a baixa incidência de problemas cardíacos, os médicos acompanharam 820 pessoas que tiveram infartos e 2.196 que não tiveram, todos habitantes da mesma região.
As pessoas que seguiam fielmente a dieta portuguesa tiveram risco 33% menor de ter infartos em relação aos que tinham dietas diferentes.
Mas os pesquisadores também perceberam que a alimentação tradicional pode ser melhorada. O consumo menor de batatas, carne vermelha e de porco pode levar a um risco até 60% menor de infarto.
“Ainda é necessário avaliar os efeitos da dieta sobre outras doenças importantes, como obesidade, derrame e câncer”, disse a líder da pesquisa. O artigo foi publicado no “American Journal of Clinical Nutrition”.

Share

Related posts