Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background
Slide background

Brasil: Os 11 melhores lugares para viajar

Turismo — By on April 3, 2012 at 11:16 am

O Brasil é um destino turístico que atrai jovens do mundo inteiro. Hoje, mais do que nunca, o país está entre um dos mais requisitados na área de turismo. Por isso,elecionamos onze destinos incríveis no Brasil que podem ser seu próximo destino de viagem.

1. Foz do Iguaçu
Já muito popular entre os estrangeiros, o turismo em Foz do Iguaçu, que tem como estrela principal as cataratas, está sendo redescoberto pelos brasileiros. Uma das finalistas no concurso que elegerá, até o fim do ano, as sete maravilhas naturais do mundo, as quedas d’água dividem o Estado do Paraná, da Argentina e Paraguai, onde muitos turistas aproveitam para fazer compras ou ir a cassinos.

2. Florianópolis
Carinhosamente chamada de Floripa por muitas pessoas que costumam visitá-la e até pelos seus moradores, e também de Ilha da Magia, Florianópolis é uma cidade cheia de charme. Como se isso não bastasse, a cidade ostenta o título de a melhor qualidade de vida do Brasil. Em Florianópolis o modernos e une ao histórico, em uma combinação harmoniosa também com as inúmeras belezas naturais. A oferta de praias chega a ser um exagero. Ou um “prato cheio” para os amantes da natureza e suas belas paisagens.

3. Paraty
Se você ainda não conhece a bela cidade histórica e colonial no Rio de Janeiro, tem um motivo a mais para que você conheça Paraty. De 2 a 6 de julho, a cidade sedia a Flip (Festa Literária de Paraty), que, a cada edição, se confirma como um dos eventos literários mais importantes do país. Como se isso fosse pouco, as belezas naturais da cidade, que preserva até hoje encantos naturais e arquitetônicos, são um convite para uma visita em qualquer época do ano. Passear pelo centro histórico de Paraty, onde é proibido o tráfego de automóveis, é como entrar em um túnel do tempo, rodeado de belas paisagens. Passeios de barco e escunas também são imperdíveis. Eles duram de 4 a 5 horas, e saem diariamente do cais da cidade. Quanto maior for o grupo, mais barato sai o passeio. Aos amantes da natureza não faltam roteiros, já que na área da cidade estão o Parque Nacional da Serra da Bocaina, a Área de Proteção Ambiental do Cairuçú, onde fica a Vila da Trindade, e a Reserva da Joatinga. Para completar a lista de atrativos, Paraty faz limite com o Parque Estadual da Serra do Mar.

4. Ouro Preto
Famosa por participar do Circuito do Ouro, conhecida e nomeada por ser a cidade do poderoso minério de cor escura, muito garimpado no século 18, Ouro Preto está entre os destinos mais procurados de Minas Gerais. Ouro Preto gira em torno de universitários, comércio, restaurantes e bares – além, é claro, da história que envolve suas construções, ruas e travessas. O passeio às edificações mais famosas é inevitável.

5. Pantanal

Esqueça o barulho dos carros, a correria e a sofisticação das cidades grandes. O Pantanal é um lugar de contemplação. Um santuário ecológico para quem quer avistar uma infinidade de animais selvagens sem grades e jaulas, observar o pôr-do-sol multicolorido em horizonte aberto, ouvir do amanhecer ao anoitecer uma profusão de grasnados e piados.

6. Jalapão
O Jalapão é um destino forte, para fortes. Ali, a natureza é tão exuberante quanto dura. O calor facilmente atinge os 35ºC, os mosquitos pólvora devoram as pessoas até dentro dos potentes 4×4 (nem pense em ir com um carro sem tração), as trilhas são esburacadas, não sinalizadas e poeirentas, e a distância entre uma atração e outra chega a ultrapassar os 70 km, sem que se cruze com nenhum outro veículo ou pessoa dentro do Parque Estadual.

7. Chapada Diamantina
Com 152 hectares, o Parque Nacional da Chapada Diamantina é acessível por terra a partir de Salvador ou Vitória da Conquista e espalha-se pelos municípios de Lençóis, Andaraí, Mucugê, Ibicoara e Palmeiras. Também invade o minúsculo distrito serrano de Xique-Xique do Igatu. A principal cidade é Lençóis, repleta de casas coloniais do século 19 e ponto de partida para a maioria dos passeios. É onde os viajantes exigentes encontram hotéis charmosos, que mimam seus hóspedes com internet sem fio e carta de vinhos. É caso do Portal Lençóis, um dos mais refinados. Ele compete com a pousada Villa Lagoa das Cores, no Vale do Capão, que partiu para um lado zen. Ela oferece um spa holístico com massagens, banhos de ofurô e tratamentos à base de ervas colhidas diretamente de um herbário próprio.

8. Lençóis Maranhenses
As dunas a perder de vista, de areia muito fofa e branca, dão a impressão de que um deserto se incrustou ali, no interior do Maranhão. Lagoas de águas azuis surgem como delírios, até que se molhem os pés nelas e perceba que, de fato, estão ali. Não é miragem. Bem-vindo aos Lençóis Maranhenses.

9. Maragogi
Ir à pequena cidade de Maragogi, no norte de Alagoas, é se sentir no Caribe sem precisar deixar o Brasil. As praias paradisíacas – de densos coqueirais, águas límpidas e esverdeadas – fazem jus à comparação. Mergulhar no mar calmo de Maragogi é observar bem de perto arrecifes de corais e ter o corpo rodeado de peixes coloridos.
A localização da cidade é privilegiada: a cerca de 130 km de Maceió e de Recife, com acesso fácil pelas duas capitais. Maragogi – cujo nome vem de “rio livre” – faz parte da Costa dos Corais, a maior Área de Proteção Ambiental (APA) da Marinha brasileira.
Criada por decreto em outubro de 1997, a APA da Costa dos Corais tem 150 km de extensão e abrange quatro municípios de Pernambuco (São José da Coroa Grande, Barreiros, Tamandaré e Rio Formoso) e nove de Alagoas (além de Maragogi, Barra de Santo Antônio, São Luís do Quitunde, Passo de Camarajibe, São Miguel dos Milagres, Porto de Pedras e Japaratinga).

10. Jericoacoara
Ao ouvir o preço para subir de quadriciclo ao alto da Duna do Pôr do Sol, R$ 120 por pessoa, o viajante atento certamente ficará desconfiado. Certo, há o aluguel do veículo, mas a montanha de areia fica logo ali, ao lado do centrinho de Jericoacoara, visível de qualquer ponto da praia central. Por que tudo isso? Até o mais descolado dos viajantes já viveu a sensação de estar sendo, digamos, sobretaxado em destinos turísticos no mundo todo. E a cearense Jeri, claro, também tem suas pegadinhas. Nada que desencoraje a visita a uma das vilas litorâneas mais charmosas e gostosas do País. Mas estar bem informado vai ajudar você a evitar a armadilha das cobranças exageradas – e guardar seu dinheiro para usar naquilo que realmente vale a pena.

11. Amazônia
Eleita uma das Sete Novas Maravilhas da Natureza, a Floresta Amazônica foi por muito tempo um destino para gringo. Com exceção de alguns poucos aventureiros, os turistas brasileiros nem cogitavam a ideia de passar alguns dias em meio à mata. A falta de estrutura dos hotéis e dos meios de transporte somada as passagens aéreas a preços exorbitantes espantavam os viajantes.

Conhecer a Amazônia ainda está bem longe de ser um destino barato. No entanto, o visitante encontra hoje opções de hospedagens de todos os tipos e de todos os preços nos arredores de Manaus, porta de entrada de quem quer se embrenhar na selva. Há, inclusive, alternativas rústico-chiques, com infraestrutura confortável, com TV, ar-condicionado e água quente.

Tags: ,

0 Comments

You can be the first one to leave a comment.

Leave a Comment


Security Code: