cultureholidays
Census
Lytron
My Partner

Visão e Thanksgiving

Texto de Eduardo Prugner

No final do ano de 2019 a euforia tomava conta das populações, principalmente para os ame­ricanos, que estavam vivendo os melhores momentos de sua economia. A taxa de desemprego era praticamente zero e a renda per capita atingia valores nunca antes recebidos. A Flórida era agraciada pelo turismo e com indústrias de alta tecnologia sendo instaladas. Seus aeroportos batiam recordes de pessoas e Miami ultrapassava a barreira de 45 milhões de passageiros, e o Aeroporto Internacional de Orlando, com mais de 50 milhões, já sonhava que, no ano seguinte estariam próximos de 100 milhões. O mundo festejava a vinda do novo ano – 2020 o ano que fecharia com chave de ouro um década. O Shunshine State, a Terra do Sol, com o quarto maior PIB dos Es­tados Unidos, teve seu sol coberto por nuvens negras. De sonhos para uma realidade que virou pesadelo para muitos.

A REALIDADE

Mal começou o ano e um vírus aparece não sei de onde (as desconfianças sobre a China são alarmantes) e sob um bombardeio de notícias – e o “fique em casa” detonou a economia e os empregos de todos os países. Os parques temáticos da Flórida, dispensaram 50% da sua força de trabalho. Restaurantes, lojas, hotéis, aeroportos, bares, escolas, fecha­ram suas portas porque assim foi determi­nado, dispensaram seus funcionários e com isso houve uma violenta redução na economia americana.

Como consequência, muitas empresas que jamais poderíamos imaginar, encerraram definitivamente suas atividades.

VISÃO

“Vi impérios ruírem justamente porque não tiveram um líder que transformasse mo­mentos difíceis em oportunidades”.

Crise é sinônimo de sucesso, de criativi­dade, de romper com o cotidiano e visualizar soluções. É o olhar para o além e ter a certeza que para todo problema existe uma resposta.

A águia, que está no brasão de armas dos Estados Unidos é símbolo daqueles que con­fiam em si e em Deus. A águia não se esconde e nem teme as tempestades. Quando voam e voam alto, ao deparar com uma tempestade, voam mais alto ainda, acima da tempestade.

Muitos empresários gostariam que o ano 2020 não existisse, mas outros enxergaram a oportunidade, pois entenderam que tudo depende da maneira de olhar. Entenderam que a visão é a porta para o futuro.

Empresas mandaram seus empregados trabalharem em casa – home office, reuniões, palestras, encontros de negócios começaram a utilizar on line. Universidades, escolas, cursos profissionalizantes e aulas de ginástica, Yoga, artes marciais e escolas de músicas optaram pela internet e se adaptaram a um novo estilo e a um novo tempo. Restaurantes e bares per­ceberam que o sistema “Drive Thru” era uma excelente opção. Atividades começaram a ser reinventadas. Fizeram a diferença não só para si, mas para o Universo, gerando emprego e renda. Não lhes faltaram motivação e fé para terem criatividade, liderança e visão.

THANKSGIVING

Motivação é fazer o melhor, é superar-se a si mesmo. Ser motivado é a forma de amar, de criar, de inspirar, de sentir a vida. É saber que o ano não terminou e há muita coisa ainda a fazer. Para que, ao final de cada dia sentir-se realizado.

Portanto leva o empreendedor enten­der que o seu relacionamento está no seu meio ambiente, onde existem fornecedores, clientes, funcionários e a própria família. E a cada um deles há uma interligação afetiva e de negócios.

Acreditar em você próprio e na sua capa­cidade de fazer é o âmago da motivação, mas o enxergar o futuro e ver aquilo que não está materializado e saber aonde quer chegar é a inspiração de um Ser maior, Deus.

Talvez aqui, mereça a reflexão que consta na Bíblia Sagrada: “Sejam fortes e corajosos. Não tenham medo nem fiquem apavorados por causa delas, pois o Senhor, o seu Deus, vai com vocês; nunca os deixará, nunca os aban­donará”. (Deuteronômio 31:6).

Por isso o agradecer a Deus vai além de uma religiosidade, é um espírito de humilda­de, de reconhecimento a sua nova postura. O agradecimento é também extensivo aqueles que fazem parte do seu relacionamento, prin­cipalmente a família.

O Thanksgiving ou Dia da Ação de Graças foi criado em 1620 para comemorar e agra­decer a boa safra pelos colonos americanos e ingleses, e repetido nos anos seguintes. A data se tornou feriado no Estados Unidos em 1863 por decreto do então presidente Abraham Lincoln. Este ano, nos Estados Unidos, será comemorado no dia 26 de novembro.

Assim o agradecer faz parte da bagagem do novo líder, que tendo o conhecimento, as ferramentas e sua atitude do fazer e do cons­truir novas conquistas ao futuro e do agora, torna-se um visionário. O visionário é o líder do futuro!

Share

Related posts