Census
cultureholidays
My Partner
Lytron

Brasileira ganha Jiu-Jitsu nos EUA

Larissa Salvador venceu o Campeonato Panamericano na categoria de Jiu-jitsu no dia 8 de outubro de 2020. A confederação que sedia a competição é a Federação Internacional de Jiu-Jitsu. Conquistar esse título foi uma vitória para Larissa. “Comecei o Jiu Jitsu aos 22 anos, e por tudo que passei nos últimos 9 anos, o Jiu-Jitsu salvou minha vida e me manteve focada e me devolveu a confiança que eu precisava para enfrentar muitos dos meus obstáculos que encontrei e me sinto fortalecida como mulher em um “esporte masculino”. Foi uma honra vencer meu primeiro torneio em uma fase tão privilegiada”, conta.

Larissa faz condicionamento físico 3 vezes por semana (segunda, quarta, sexta). Veja sua rotina: às 6h com Daniel Mendes no N.E.W. Era Workouts, e treino Jiu Jitsu com Gesias “JZ” Cavalcante de segunda, quarta, sexta às 18h, e terça e quinta 7h e 18h, e com o técnico Rafael Dias terças e quintas a partir das 19h. Às 20h00 tudo em Fight Sports Deerfield.

Conheça a história de Larissa.

UMA HISTÓRIA DE SUCESSO

Larissa conta que não é lutadora de Jiu Jitsu em tempo integral. Durante o dia ela é a advogad CEO da Salvador Law, P.A., trabalhando na área de imigração. Ela nasceu em Madureira, no Rio de Janeiro, e cresceu no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. Sua família se mudou para os Estados Unidos quando tinha 11 anos.

“Aos 11 anos, tive que crescer e cuidar da minha família depois que nos mudamos para Los Angeles, porque minha mãe estava extremamente deprimida e tudo o que ela fazia era chorar. Aos 12 anos, eu era fluente em 3 idiomas em um novo país e em outro estado, Flórida, “explica. Aos 16 anos Larissa se tornou a 1ª capitã de batalhão do programa militar Boca Raton Community High School, onde formou com honra ao mérito, aos 17 anos.

Contra todas as probabilidades, conseguiu todas as bolsas de estudo que não exigiam seguro social para que pudesse tentar ir para a faculdade como estudante sem documentos. “Tive a oportunidade de ir para uma faculdade particular em Nova York, com bolsa de estudos da escola, dinheiro das bolsas que ganhei. Meus pais trabalhavam limpando casas durante o dia e restaurantes a noite para pagar por isso”. explica Larissa.

Aos 19 anos, Larissa formou com bacharelado em Justiça Criminal. Aos 23 anos ela fez o LSAT e foi aceito na Nova University. Aos 26 começou o emprego dos sonhos em um escritório de advocacia de imigração. Em abril de 2018, aos 29 anos, passou na prova do BAR para advogados da Flórida.

“Passar não significou apenas a prática da advocacia no estado da Florida, mas porque culminou com um sonho que começou aos 16 anos, cheio de suor e lágrimas. “Um sonho que às vezes parecia apenas uma fantasia. Um sonho que na fase de realização representa perseverança, superação, cessação de oportunidades, celebração das pequenas conquistas, representa os sacrifícios de minha família, meus sacrifícios, porque nada que vale a pena ter é fácil mas tudo que vale a pena vale a pena lutar”, conta emocionada.

O QUE É JIU JITSU

O Jiu Jitsu é uma arte marcial japonesa que utiliza uma série de diferentes técnicas e golpes corporais com o objetivo de derrotar ou imobilizar o oponente.Etimologicamente, a expressão japonesa jiu jitsu pode ser traduzida literalmente como “arte da suavidade” ou “técnica da brandura”, uma referência ao caráter e filosofia desta arte marcial: o equilíbrio e o controle total do corpo.

Não se sabe ao certo onde e quando o jiu jitsu surgiu, mas acredita-se que tenham se originado a partir de diversos povos diferentes que viviam em regiões que abrangem desde a Índia até a China, provavelmente entre os séculos III e VIII. No entanto, o desenvolvimento das técnicas e golpes do jiu jitsu aconteceu no Japão, através das escolas de samurais, os guerreiros oficiais do país na época do Japão Feudal. Hoje, anos depois de seu surgimento,o Jiu Jitsu é praticado no mundo inteiro.

Share

Related posts