Census
Lytron
My Partner
cultureholidays

Angelina Jolie pede para que o juiz responsável por seu divórcio com Brad Pitt seja trocado

Mais um capítulo surgiu sobre o atribulado divórcio entre Angelina Jolie e Brad Pitt. O ex-casal se separou em 2016, e em abril foi oficializado o divórcio, mas ainda há algumas questões legais a serem resolvidas. Dessa vez, segundo informações da Page Six, a atriz pediu que o juiz particular que atualmente cuida do caso, John W. Ouderkirk, seja afastado. De acordo com a coluna, Jolie fez esse pedido por acreditar que não há uma imparcialidade, já que esse juiz possui relações comerciais com Anne C. Kiley, uma das advogadas de Pitt. No documento enviado ao tribunal a atriz diz que Ouderkirk falhou em divulgar os casos que demonstraram o relacionamento atual, contínuo e recorrente entre o juiz e a advogada do respondente. No papel ainda diz que a advogada de Pitt defendeu ativamente os interesses financeiros do juiz Ouderkirk em mover – sobre a oposição da parte contrária – ter sua nomeação (e sua capacidade de continuar a receber honorários) estendida em um caso importante. Pitt e Jolie, assim como outros ex-casais famosos, optaram por pagar por um juiz particular em seu caso de divórcio para manter muitos de seus registros e os detalhes pessoais e financeiros deles em segredo. Algo positivo, porém, é o fato de ambos estarem se entendendo melhor em relação à custódia dos filhos!

Share

Related posts