Lytron
cultureholidays
My Partner

4 de Julho – Independence Day

Texto de Eduardo Prugner

Vivemos e festejamos o Indepen­dence Day, tendo o nosso respei­to e admiração. A História deste dia tão sagrado para os Estados Unidos é muito interessante por­que marca a independência do País do jugo do Império Britânico, em julho de 1776. Foram 13 Colônias do Reino Unido da Grã-Bretanha que assinaram a Declara­ção de Independência e que se separaram definitivamente da Inglaterra.

A ideia separatista vinha crescendo ano após ano e a partir de 1774 foi instalado o Primeiro Congresso Continental, convenção de representantes de 12 das 13 colônias. Como decisão, enviam uma carta ao rei e ao parlamento da Inglaterra se opondo aos mandos do Império Britânico. Acontecem hostilidades aos ingleses que respondem com a destruição de um depósito de armas dos colonos. A partir deste evento, os con­flitos armados são inevitáveis e é iniciada a guerra de independência, em 1775.

O Segundo Congresso Continental reúne­-se novamente, a partir de abril de 1775, na Filadélfia, com as 13 Colônias. No decorrer dos meses, ocorrem acalorados debates e adiam a resolução, criando um comitê com 5 de seus membros (Thomas Jefferson, John Adams, Roger Sherman, Benjamin Franklin e Roberto Livingston).

No dia 2 de julho de 1776 é apresentada ao Congresso e votada a Declaração de Independência. No dia 4 de julho de 1776 é publicada a Declaração de Independência dos Estados Unidos.

A primeira cidade a oficializar as comemo­rações de 4 de julho, foi Filadéfia (Phila­delphia), em 1777 com festas, fogos de artifícios, desfiles, tiros de canhão e fuzis, fogueiras e atos solenes de devoção ao Deus Todo-Poderoso. Mesmo havendo a continui­dade da guerra de independência.

Alguns historiadores marcam como 2 de julho de 1776 como a data magna, princi­palmente pelas declarações de John Adams escritas para sua esposa, dizendo ao povo americano da importância do dia 2 de julho e que deveria ser comemorado pelas gerações futuras como o dia da Libertação, festejando com todas as pompas. As cidades e os estados foram adotando e oficializando 4 de julho e festejando este dia.

Em 1870, o Congresso dos Estados Unidos aprovou o dia 4 de julho como feriado federal.

Importante é o seu significado, criando no coração de cada americano, o seu patriotis­mo, civismo e valorizando os símbolos como a Bandeira dos Estados Unidos e o seu Hino Nacional (“The Star-Spangled Banner”).

A CONSTRUÇÃO DE UMA NAÇÃO

A história de um país é feita com a união de ideais de Liberdade, da crença em Deus, dos anseios do seu povo, da democracia, do amor à pátria e ao trabalho, na conquista do progresso e da ordem. Quanto maior for o empenho nessa conquista melhor será compreendido e marcado intrinsicamente no sentimento da população.

A presença dos heróis da história de um país exprime os sentimentos pátreos de liberdade e dos mais puros ideais existentes no âmago de um povo em liberdade. Esse sentimento está presente no passado, pre­sente e futuro, pois só assim será construído uma Nação.

O SIGNIFICADO DO PASSADO EM NOSSO DIA A DIA

Portanto para entendermos a nossa vida, os nossos relacionamentos e da terra em que vivemos, devemos conhecer o passado através da História.

Nós somos o produto dessas gerações que nos antecederam e que determinarão o com­portamento e as consequências dos fatos que serão advindos.

Share

Related posts