My Partner
cultureholidays
Lytron

Tiktok cresce entre crianças durante a quarentena e preocupa os pais

Texto de patricia bernardon
@patricia.bernardon

O TikTok é a rede social do mo­mento e já está entre os cinco apli­cativos mais baixados do mundo. Para quem não conhece, a platafor­ma é grátis e oferece ferramentas fáceis e rápidas de edição de vídeo, entregando um produto divertido e engraçado.

A mania tem crescido durante a quarentena e envolvido toda a família, coreografias de dança e desafios tem entretido bastante os pequenos que perderam a vergonha fazendo performances em frente ao celular.

A preocupação diante disso está relacionada a segurança das crianças que as vezes sem perceber estão se expondo demais diante da plataforma, que é pública, forne­cendo informações importantes que podem ser usadas por pessoas mal intencionadas.

Outra preocupação está relaciona­da ao acesso de conteúdo inade­quado para a idade do usuário. Sem maneiras eficientes de controlar o que as crianças assistem no TikTok, o melhor conselho é ficar de olho, controlando inclusive o tempo de uso no aplicativo, que em média somava cerca de 11 horas por mês, porém com o período de quarente­na, este número deu um salto.

Usar a tecnologia para monitorar o uso e criar uma conta na rede são as duas maneiras mais eficientes de controlar o uso do celular.

Alguns aplicativos como o App­Guardian, por exemplo, ajudam a ver quais aplicativos e sites os filhos estão usando e por quanto tempo, além de criar bloqueios personaliza­dos na hora de estudar e ficar com a família.

É preciso conversar com a criança sobre os limites de uso de celular garantindo assim que o seu filho, sendo ele criança ou adoles­cente esteja em segurança.

Share

Related posts