cultureholidays
Lytron
My Partner

Comemorando imperfeições

PHOTOGRAPHER: BETTINA AVILA @BETTINAAVILA

Texto MIRIAM GRUNHAUS
@MIKAHFASHION

Será que estamos fazendo o suficiente para mudar nossa cultura, que supervaloriza a aparência exterior e o materialismo, acima de nossas incríveis realizações e o fato de sermos seres humanos extraordinários? Se olharmos no Instagram ou em outros meios de comunica­ção social e prestarmos atenção em quem tem mais influência, podemos ver que geralmente elas têm uma aparência bonita ou têm poder e / ou posses. O que parece um exterior “perfeito” é celebrado, e não o conteúdo imperfeito, mas rico, em sabedoria e bondade. O que estamos perden­do é de enormes proporções. No último ano, estive entrevistando e fazendo amizade com mulheres que podem não parecer “típicas” de acordo com os padrões da sociedade, mas que têm uma mensagem incrível, de esperança, inspiração, resiliência e força. Quanto mais fomos conhecendo essas mulheres, podemos ver que suas imperfeições são exatamente o que as tornam influenciadoras fortes, sábias, inesquecíveis e, o mais importante, autênticas.

PHOTOGRAPHER: AMANDA VAN METER BURCH

Endeusar a perfeição nos impede de descobrir e alcançar nosso potencial e a razão pela qual viemos a existir. Para ter sucesso na missão que temos em nossa vida, precisamos abraçar – e celebrar – nossas falhas, porque elas são a chave da nossa felicidade.

As mulheres que entrevistamos são muito resilien­tes, não apenas elas sobreviveram, mas prosperaram após suas provações. Muitas delas não se pareciam em nada com a enfatizada beleza da simetria e perfeccionis­mo, nem na aparência, nem nas circunstâncias, mas na experiência de suas vidas que as aperfeiçoaram.

PHOTOGRAPHER: MIKE OLIVER @MIKEOST

Compilamos lições que aprendemos delas e pode­mos aplicar na nossa vida e, através dessas mudanças, podemos ver um tremendo crescimento, e o mais importante, uma mudança para uma vida muito mais alegre e rica em valores.

Como designer de moda, uso minha coleção para lembrar as mulheres de se concentrarem em sua singu­laridade, e não no que a sociedade dita como perfeição, faço isso usando a arte de Kintsugi. Kintsugi é uma arte japonesa que repara cerâmica quebrada com laca e ouro ou prata em pó, mas além da beleza da arte em si, ela nos ensina que somos todos passíveis de conserto e, quando fazemos o trabalho de nos recompor, somos mais fortes, mais bonitas do que antes. O ouro em Kintsugi acentua o local quebrado, porque as quebras fazem parte da história da peça, como são também os percalços em nossa história e estes não devem ser escondidos, mas comemorados.

PHOTOGRAPHER: BETTINA AVILA @BETTINAAVILA

Com a ajuda de fotógrafos e outros artistas, foto­grafamos algumas dessas mulheres que compartilham suas histórias nesta edição da revista Linha Aberta, para que possamos nos beneficiar, aprender, ser inspirados e capacitados para colar as peças de nossas vidas e encon­trar a nossa beleza interna.

Este é um projeto de paixão, porque minha princi­pal missão na vida é capacitar mulheres que se sentem quebradas, que se sentem diferentes e inadequadas, que sentem que não há esperança. O objetivo é de ajudar mulheres a ver que suas imperfeições são exatamente sua singularidade e magia.

As histórias das mulheres que entrevistamos e as lições que aprendemos delas estão disponíveis no blog da página mikahfashion.com.

SHAKYRA LASHAE @shakyralashae

Empreendedora, modelo, mãe solteira que escapou de um casamento abusivo apenas com as roupas do corpo e o bebê na mão. Nos conhecemos em um discurso que fiz em Nova York em um mo­mento em que ela estava frágil e reconstruía sua vida. O que vi em Shakyra foi a determinação de encontrar alegria novamente. Ela estava disposta a ser responsável por seu passado e futuro. Desde então, Sharkyra prosperou em seus negócios, fez novos amigos maravilhosos e sabe que este é apenas o começo de seu futuro incrivelmente brilhante.

ISABELLA SANTA MARIA @_isabellasm_

Aos 7 anos, Isabella foi atropelada. Após muitas cirurgias e longa hospitalização, Isabella ficou com um rosto e coração cicatrizados. Apesar do peso emocional e físico que esse terrível acidente causou, Isabella luta e vive. Ela está aprendendo a viver com os desafios que a vida lhe apresentou. Ela nunca havia posado como modelo antes dessa sessão, e o que mais quer(ia) é inspirar meninas e mulheres que têm uma aparência diferente a aceitar suas imperfeições e vê-las como seu poder secreto.

ASHLEY YOUNG @orlandocyborgas

Nascida somente com um braço, Ashley é com­pletamente capaz de fazer o que quiser. Levou mais tempo e mais prática para alcançar suas realizações, mas ela não apenas conseguiu alcançar seus objetivos, ela brilhou. Ashley é modelo, atriz, dançarina, mergulhadora e agora mãe de uma adorável menina. “Somente nossa mentalidade pode nos impedir de alcançar nossos objetivos e sonhos”. Ashley foi criada por sábios pais que em vez de mimá-la, e fazer tudo por ela, incentivaram­-na e esperaram que ela atingisse cada marco que sua irmã gêmea conseguiu antes dela, deram-lhe espaço para prosperar e a crença de que ela é realmente perfeita da maneira que é.

SARA MEUCCI @miss_swirl

Sara tem tricotilomania, puxou as sobrancelhas, os cílios e, finalmente, os cabelos da cabeça. Esta é uma condição que foi desenvolvida ao longo de sua luta contra a depressão e ansiedade. O processo de puxar os cabelos dava alívio temporário à profunda dor que ela sentia. Ela era suicida, não sentia que pertencia a esse mundo. Mas, à medida que amadureceu, escolheu sua terapeuta e trabalhou muito, não pensando em seu passado, mas focando em avançar rumo a seu futuro. Ela trabalhou em todas as áreas que lhe dão prazer, como arte e música, e se cercou de pessoas com a mesma mentalidade. Hoje, Sara está livre da depressão, ela sabe que pertence a esse mundo e quer inspirar outras mulheres a saber que há esperança, que existe uma maneira de se livrar da depressão e da ansiedade e, o mais importante, que existem todos os tipos de beleza e que ser diferente, seja qual for a diferença pode ser exatamente o que lhes trará sucesso na vida.

Miriam Grunhaus é fashion designer e proprietária da

Mikah Fashion @mikahfashion. Informações sobre o tema pelo E-mail: miriam.g@mikahfashion.com.

Share

Related posts