Lytron
cultureholidays
My Partner

Liderança, mais do que um desafio

Texto Eduardo Prugner

Liderar é preciso, mais do que nunca! O futuro será criado pelas lideranças! Duas frases impac­tantes que nos levam à reflexões como até que ponto os líderes seriam responsáveis pelo futuro? Todos desejam ser líderes, uns se “vestem” como sargentos, dando ordens, cobrando metas e tarefas, tanto nas empresas como na sua própria casa. Outros são do estilo bonzinho, sou amigo de todos e do rei. Tapinha nas costas não podia faltar. Outros não se comunicavam, não davam ordens e nem falavam coisa alguma para não se comprometerem. E logicamente tínhamos o líder considerado exemplar.

O LÍDER DE ONTEM

No passado recente esses líderes deveriam gerenciar, analisar mercados, otimizar a cadeia de valores de empresas, atingir objetivo, mandar na sua equipe, cobrar e no fim do mês apresentar resultados posi­tivos. Os líderes normalmente assumiam postos de gerência, de diretoria ou de “chefia” de importantes setores. E assim por décadas foram treinados para dar às empresas os mesmos objetivos. Da mesma forma que surgiram grandes empresas, também desapareceram do mercado.

LIDERAR É PRECISO

Voltamos ao nosso “liderar é preciso”, para que saibamos o que é liderança. Duas qua­lidades são intrínsecas e jamais poderão faltar a um líder: ser ético e ter comprome­timento não só consigo, mas com os seus negócios. São condições comportamentais. Diz do ético não só o aspecto da honestida­de, mas de saber seus limites, qualidades e fraquezas, suas competências, ou seja, de conhecer a si próprio.

Comprometimento consigo é a aplicabili­dade do seu autoconhecimento e também do relacionamento com os que o cercam, sejam familiares, subordinados e parcei­ros, clientes e fornecedores. Aqui também se somam os seus desejos, suas motiva­ções, suas capacidades de influenciar, de motivar e de saber conduzir aos seus objetivos e, é claro, os objetivos da empre­sa. É fundamental ter a visão da realidade, analisando os também os fatos do passado para que possa ter uma imagem concreta do que acontecerá no futuro.

CARACTERÍSTICAS DE UM LÍDER

O líder deve saber comunicar-se, tendo a necessidade de estar conectado com as pessoas para transmitir os seus próprios conhecimentos e da mesma forma ser claramente entendido. Portanto, ser excelente na comunicação, expressando­-se sempre de forma clara e objetiva para que seja sempre compreendido. Mas nem sempre isso será suficiente e sendo ne­cessário estar mais presente, pronto para auxiliar quando alguém da sua equipe mais precisa.

Essa ajuda será importante, porque além de ensinar detalhadamente os objetivos daquilo que a empresa quer e que você deseja, poderá ensiná-los, colocando, se necessário, a “mão na massa”, indicando o caminho correto e compartilhando e festejando os resultados. Esse processo lhe dará a capacidade de engajar e inspirar a sua equipe para sempre tê-los ao seu lado.

Já havíamos comentado sobre o relacionamento pessoal, que somado a cordialidade e o respeito às pessoas, buscando conhecer bem os integrantes da sua equipe, bem como as características e as potencialidades de cada um, fará com que tenha mais facilidade de obter mais respostas e uma melhor produtividade. O líder terá sempre que cuidar da sua autoconfiança, pois acreditando em si, transmitirá a confiança necessária ao bom relacionamento. Confiar em Deus poderá ajudá-lo na sua autoconfiança.

Finalizando, o líder jamais poderá se descuidar de seus conhecimentos. Deverá ter sempre uma preocupação com a atu­alização do seu saber, sempre evoluindo. Somente dessa forma poderá ter a firmeza de tomar decisões que venham influenciar positivamente a empresa e por extensão seus parceiros.

AÇÕES NORTEADORAS PARA UM LÍDER

Sempre temos ferramentas que podem nos direcionar a uma liderança e que podem facilitar o dia de um líder: Crescer – o líder nunca deve imaginar-se “dono da verdade” e o crescer significa estar sempre trans­formando a si mesmo. Conectar – falamos do relacionamento pessoal, mas o líder também deve transformar os seus relacio­nados, ou seja, a equipe também estará no processo de crescimento.

INFLUENCIAR – ao ter sua equipe no pro­cesso do crescimento, essa transformação do “velho” para o “novo”, da aplicabilidade dos novos conhecimentos e da tecnologia presente no dia a dia, o líder na sua atitude deverá influenciar a organização.

INSPIRAR – todo processo de mudanças gera repercussões que rompe fronteiras que nem saberíamos dimensioná-las. Dessa maneira, as ações do líder terão as tendências positivas de influenciar o am­biente e a própria sociedade. (Sebrae)

O VISIONÁRIO

Com toda essa bagagem do novo líder, tendo os instrumentos e o conhecimento do presente, da tecnologia e dos anseios do amanhã, o líder passa a ser um visioná­rio do futuro imediato construindo novas conquistas, abrindo espaço na criativida­de, e apresentando o futuro do agora – o visionário é o líder do futuro!

Share

Related posts