My Partner
Lytron
cultureholidays

EUA Suspendem Voos Fretados a Cuba, Com Exceção de Havana

Os Estados Unidos anunciaram a suspensão de voos fretados para Cuba, com Havana sendo a única exceção entre os destinos possíveis. Com isso, a medida afetará nove aeroportos do país caribenho, menos o de José Martí, na capital cubana, mas o terminal também será afetado por uma limitação do nú­mero de voos ainda a ser determinada.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, informou em comuni­cado que os operadores de turismo terão 60 dias de prazo para passarem a cumprir a decisão.

“A meu pedido, o Departa­mento de Transportes dos EUA (DOT) suspendeu até novo aviso todos os voos fretados entre os Estados Unidos e desti­nos cubanos que não sejam o aeroporto José Martí, de Havana”, diz o texto.

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, informou em comuni­cado que os operadores de turismo terão 60 dias de prazo para passarem a cumprir a decisão.

No final de outubro, os EUA anunciaram a proibição de voos comerciais de seu território para todas as cidades de Cuba, com exceção de Havana. Essa medida, no entanto, não afetava os voos fretados, que muitos cubano-americanos utilizam para viajar de Miami para a ilha.

Pompeo destacou que a medi­da anunciada “impede que o regime cubano se beneficie de uma ampliação dos serviços fretados após a ação de 25 de outubro de 2019 que suspendeu o serviço aéreo comercial regular para todos os aeroportos de Cuba, exceto o de Havana”.

“A ação restringe ainda mais a capacidade do regime cubano de obter receita, que usa para financiar a repres­são contra o povo cubano e seu apoio inadmissível ao ditador Nicolas Maduro na Venezuela”, disse o secretário de Estado.

Share

Related posts