cultureholidays
My Partner
Lytron

A Saúde Está na Qualidade do Seu Sangue

A fonte da vida é o sangue, porque o sangue é a vida e a vida está no sangue. É o sangue que faz propiciação pela vida. A análise do sangue vivo é de suma importância para que possamos descobrir as coisas que podem deteriorar o corpo porque se o sangue estiver sujo a carne apodrece e as doenças são esse apodrecimento. Se o sangue estiver limpo nenhuma doença permanece no corpo. As crianças que nasceram há cerca de 3 anos não são passíveis de adquirir as mesmas doenças que nós somos passíveis de contrair com a mudança do metabolismo, porque elas já nasceram com o novo metabolismo da terra. Nós infelizmente não! Precisamos nos adaptar e a limpeza do sangue faz com que isso aconteça mais rapidamente.

Vejamos por exemplo alguns executivos que viajam do ocidente para o oriente e quando chegam lá, adoecem. De imediato pensam que foi alguma comida que lhes fez mal, no entanto, o corpo é que não se adaptou. É como alguns orientais que vêm para o ocidente e também adoecem assim que chegam. Observamos aqui a mesma situação, pois eles não tiveram adaptação imediata. Quando viajamos para lugares extremamente altos ou baixos, nosso corpo precisa adaptar-se ou sentiremos tonturas. Há muitos anos passei por esse problema em La Paz. Desci as escadas do avião muito rápido e em seguida fui acometido de uma tontura incrível. No entanto, fiquei melhor logo depois de tomar um copo de água e descansar. Nosso corpo tem uma capacidade incrível de sobrevivência.

O que vem de fora para dentro em nosso corpo é o que causará os danos, se o corpo não estiver expelindo, jogando para fora. As enfermidades têm início nas coisas que entram em nosso corpo, principalmente pelos alimentos nocivos, que não têm função biológica e podem causar danos, ou por alimentos que não são nocivos, mas que não entram sem a adequada digestão tornando-se nocivos. Mesmo permitindo que corpos estranhos entrem, nosso corpo tem como meta combatê-los imediatamente, utilizando nosso sistema de defesa, eliminando-os através dos órgãos expedidores.

Durante esses anos, atendendo à muitas pessoas enfermas, sempre faço um questionário antes de iniciar a análise do sangue. Com isto, notei que em sua maioria, todas tinham problemas emocionais causados por diferentes motivos e o principal, que afetou o emocional delas, foi a falta de amor por si mesmas ou por outras pessoas ou por se sentirem rejeitadas ou por expressarem rejeição a outros. Pessoas que não gostavam de seus corpos, que não estavam satisfeitas com seus trabalhos, com locais onde moravam e com seus companheiros, normalmente sempre tinham um motivo para estarem infelizes, até mesmo sem saberem ou se lembrarem dos motivos.

A mágoa, assim como o ódio e a pena de si próprio foram sempre os motivos para um desamor, onde o corpo sempre é quem recebe os resultados criados por essas emoções. São pessoas que reclamam das atitudes das outras, que reclamam da falta de atenção dos mais próximos, da política governamental, do trabalho, do chefe, do medo de ficar pobre, do medo da perda de qualquer coisa, etc. Porém, o mais interessante é que todos esses motivos, levam somente a um lugar: à falta do amor. É importante lembrar que todas as células de nosso corpo trabalham em função das vibrações criadas por nossos pensamentos. Um aborrecimento no momento da refeição pode causar um derrame, ou um ataque cardíaco, mas um pensamento negativo constante com certeza vai causar uma deteorização do corpo.

Quando a digestão não ocorre normal­mente, deixamos de metabolizar os alimentos. Nesse momento, se o metabolismo estiver funcionando normalmente, o corpo passa a produzir e reter os sais, vitaminas e metais e tudo mais que precisa e que é necessário para que continuemos vivos; mas, se continuarmos mantendo a deficiência digestiva, com certeza, isso não acontecerá e a vida vai encurtar.

Nosso corpo foi criado com três capacidades básicas: A primeira é de poder limpar-se sozinho. A segunda, de curar-se sozinho, para poder adaptar-se que é a terceira capacidade. Porque um corpo saudável é a capacidade que o corpo tem de adaptar-se a qualquer circunstância. Nosso corpo tem três capacidades: limpar-se sozinho, curar-se sozinho e adaptar-se. =3. Darwin, “o notável” do Evolucionismo, disse: “… sobreviverão, não os mais fortes, nem os mais inteligentes… sobreviverão, os mais adaptáveis…”

Observe esses fatos. Existem três alimentos básicos para o ser humano: Proteína, gordura e açúcar = 3. Temos três órgãos expedidores básicos: =3 o Cólon (As coisas ruins são expelidas através das fezes), os Rins, (As coisas ruins saem através da urina) e o Pulmão (As coisas ruins saem através da respi­ração). Para que o corpo possa desempenhar sua própria cura, deverá primeiro: Limpar-se sozinho, para então curar-se sozinho e poder adaptar-se. Os processos de limpeza se desenvolvem através de três partes do corpo. O CÓLON – Eliminando as impurezas pelas fezes. OS RINS – Eliminando as impurezas pela urina. OS PULMÕES – Eliminando as impurezas através da respiração.

Podemos citar outro exemplo. A PELE é o maior órgão, onde as alergias refletidas na pele, manchas, coceiras e feridas que nela aparecem, fazem parte do sistema linfático expelindo e notificando as impurezas, toxinas, que não podem ficar dentro da gente, alertando que algo não está bem no sistema fisiológico, ou bactérias ou vírus ou toxinas que as defesas não estejam destruindo, ou algum alimento sem função biológica foi introduzido através de comidas ou até mesmo através da respiração.

Para que o exposto acima seja compreendido, é interessante saber que nós somos micro- organismos que se transformam em bactérias, que se transformam em fungos, que se transformam, que se transformam, que se transformam… …até que o corpo não tenha mais a necessidade de transformar, e o sistema linfático estará expelindo o que já não serve ou o excesso, através dos órgãos expedidores.

A pele, sendo também um órgão excretor, serve para mostrar que existe um excesso ou algo que o corpo não digeriu, e/ou não conseguiu expelir pelos três órgãos principais ou que não tem função biológica no corpo e precisa ser expelido, porque sofreu mutações e não obedeceu ao processo normal de transformação.

Neste momento são diversas enfermidades que podem aparecer tais como: Melasma, pano branco, dermatite sebor- réica, rosácea, alopecia areata, disidrose, foliculite, alergia, fungos, micose de pele, de pé e unha, dermatite atópica, psoríase, escabiose assim como o câncer de pele e muitas outras. Com a análise do sangue, podemos prevenir doenças, com mudança da alimentação, suplementação natural e mudanças em nosso hábitos.

Hypocrates, pai da Medicina Ocidental disse: “Para que o paciente obtenha a cura será necessário que desista das coisas que o fizeram adoecer.” Esta deve ser e meta de todos nós na busca de uma vida saudável. Porque, se não tivermos tempo para cuidar da saúde agora, teremos que arranjar tempo para cuidar da doença depois.

 

Jimmy Albuquerque é morfologista, foi presidente da FENATE (Federação Nacional dos Terapeutas do Brasil),presidente da ABA (American Blood Analysis dos Estados Unidos), preletor internacional e autor do livro “Não Somos o que Comemos, Somos o que não Digeri­mos e Assimilamos”. E-mail: bloodanalysis@live.com.

 

Texto JIMMY ALBUQUERQUE

Share

Related posts