Lytron
My Partner
cultureholidays

Brazilian Beat Fantasia Como Arte

O Dorothy F. Schmidt College of Arts and Letters da Florida Atlantic University (FAU) realiza no dia 20 de fevereiro o Advisory Board’s First Annual Cast Party com o obje­tivo de angariar fundos para bolsas de estudos. O evento terá um sabor brasileiro com a apresentação do Brazilian Beat e suas fantasias de luxo.

Suzanne Thorson, Diretora Artística do Brazilian Beat, ressalta a importância de apresentar o Brasil de forma glamou­rosa, destacando as riquezas da Floresta Amazônica, com sua fauna e flora únicas, através de trajes que são verdadeiras obras de arte. Michael Horswell, reitor do Dorothy F. Schmidt College of Arts and Letters da FAU, destaca a oportunidade de mostrar um pouco do Brasil aos partici­pantes do evento. Segundo ele, “através da generosidade dos doadores que estarão na festa, poderemos apoiar os alunos que, de outra forma, não teriam condições de pagar a faculdade. Ao apoiar este evento, nossos doadores estarão mudando a vida dessas pessoas”. O evento acontece no dia 20 de fevereiro, das 6pm às 10pm, no The Loft at Congress (530 NW 77th Street), em Boca Raton.

Michael Horswell destaca que a intenção da FAU é apresentar “um aspecto tão rico da cultura brasileira para a comu­nidade do sul da Flórida como parte da celebração da Faculdade de Artes e Letras da FAU. “O Brazilian Beat será a atração principal do evento. Também se apresenta­rão professores e alunos de teatro, música e dança da nossa faculdade, numa noite de entretenimento e arte.” O evento tem o apoio da Brazil International Foundation (BIF) e Brazilian Business Group (BBG) e de seus presidentes Aloysio Vasconcellos e Andrea Faria.

Suzanne Thorson, CEO e Diretora Artística do Brazilian Beat, salienta que o Brasil é detentor de uma cultura única, com arte, música, cores & sabores. Nesse cená­rio o Brazilian Beat tem como meta difundir a cultura brasileira internacionalmente, ressaltando seu lado mais sofisticado, mostrando fantasias de luxo que são verda­deiras obras de arte. “Desejamos seduzir com delicadeza, mostrando a arte nas suas mais diversas facetas. A maior parte das fantasias foram adquiridas do acervo pes­soal da estilista Zeza Mendonça. São feitas à mão, pesando entre 35 e 50 kg cada uma, com plumas, pedras multicoloridas, rendas e adereços só encontrados no Brasil”. Ela explica que é uma logística complexa uma vez que os trajes são 100% autênticos e vieram diretamente do Rio de Janeiro.

Suzanne trabalhou com o grande mestre Joãozinho Trinta e colaborou na or­ganização de importantes eventos, como os 700 anos da Dinastia Grimaldi, no Principado de Mônaco, Ano Novo para o rei do Marrocos, entre outros. “Como dizia nosso poeta Ferreira Gullar: A arte existe porque a vida só não basta!”

SUZANNE THORSON
BRAZILIAN BEAT CEO & CREATIVE PRODUCER
“O BRASIL É DETENTOR DE UM A CULTURA RICA, COM ARTE, MÚSICA, CORES E SABORES. O BRAZILIAN BEAT APARECE NESSE CENÁRIO COM O INTUÍTO DE DIFUNDIR A CULTURA BRASILEIRA INTERNACIONALMENTE, RESSALTANDO SEU LADO MAIS SOFISTICADO, A FANTASIA COMO ARTE.”

A produção das fotos do Brazilian Beat para a Linha Aberta foi um projeto exclusivo que teve como diretora criativa Suzanne Thorson, do fotógrafo Toddy Holland e da make up artist Mimi Fondeville.

Toddy Holland, fotógrafo brasileiro premiado interna­cionalmente, explica que o conceito das fotos e a criação foi um trabalho de equipe. Como fotógrafo, ele deu vida à imaginação de Suzanne e usou dos recursos da fotografia para produzir um trabalho artístico. A soma da produção, do makeup e as estratégias usadas para fazer as fotos foram o grande diferencial no trabalho.

Mimi Fondeville, do Studio Beauté, disse que “o projeto foi 100% em parceria entre Suzan­ne, Toddy e eu. A maquiagem de cada tema não poderia ter sido diferente. Queriamos passar para os leitores que maquiagem também pode ser arte, inspiran­do a criatividade sem perder o bom gosto e a elegância”. Ela conta que eles discutiram cada look, levando em consideração o expertise de cada profissional.

O FOTÓGRAFO TODDY HOLLAND E A MAKEUP ARTIST MIMI FONDEVILLE

“No caso da maquiagem da capa, Suzanne pediu para incorporar uma pluma que havia se desprendido da fantasia e eu decidi cortar ao meio e utilizar nos olhos da modelo. A criatividade foi um must, de forma a levarmos aos leitores da Linha Aberta Magazine um trabalho artístico onde o Brasil fosse apresentado de forma glamourosa & fashion”.

Toda essa arte poderá ser vista no Advisory Board’s First Annual Cast Party do Dorothy F. Schmidt College of Arts and Letters da Florida Atlantic University (FAU). Informações sobre o evento e tickets pelo e-mail slivingston@fau.edu ou pelo telefone 561.297.2584.

 

Texto LAINE FURTADO
Fotos TODDY HOLLAND

Share

Related posts