cultureholidays
My Partner
Lytron

Atleta Brasileiro de Deerfield Beach Supera o Mundial de Ultraman na Ilha de Kona no Hawaii!

Uma modalidade de esporte para poucos no mundo, o Ultraman e uma prova de Triathon aonde os atletas têm que percorrer 10 km de natação, 421 km de bike e finalizar com 84 km de corrida (duas maratonas ). Nos dias 29,30 e 1 de dezembro o atleta disputou o 35 aniversário da prova. Esse é o quinto Ultraman do atleta que concilia família, treinos e trabalho que aliás não é nada fácil pois ele faz entregas pela FedEx durante 10 a 11 horas por dia e também em alguns finais de semana. Neste ano somente 29 atletas de todo o mundo foram selecionados para a disputa que diferente de outras provas o atleta é “escolhido “ pela organização. 

A grande ilha mostrou a sua forca nesse mundial de Ultraman, a natação teve correntezas fortes exigindo muita forca para finalizar os 10 km em 3:45 minutos. Na sequencia para os 145 de bike os atletas saíram de um calor infernal de 35 graus para chegar em Vuncano com temperaturas abaixo de 14 graus e debaixo de muita chuva e “sem duvida o primeiro dia minou a resistência de todos” explicou o atleta. Nos 276 km de bike do segundo dia iniciou debaixo de muita nebrina, chuva e ventos fortes colocando a estrada muito perigosa. O atleta planejou ir bem cauteloso nesse primeiro trecho de quase 30km de descida que estava bem perigoso. “Sabia que o dia ia ser longo e duro com muito vento que até me afetou com um principio de hipotermia” Alessandro finalizou o segundo dia com 11:00 no total. Na dupla maratona o atleta sentiu o esforço do dia anterior e iniciou com as pernas bem cansadas e pesadas o que não ajudou a fazer uma boa corrida que é o seu forte, terminando a dupla maratona com o tempo de 10:00 mas que ajudou o atleta a finalizar essa grande jornada na 13 posição no resultado final. 

Um detalhe interessante é que o atleta alterou toda a sua nutrição na sua preparação para o mundial. Ele quebrou o mito do uso do carboidratos no esporte incorporando uma alimentação LowCarb, cetogênica e carnívora com pouquíssimos carboidratos durante a competição e em todos os 3 dias de prova ele estava em jejum e se tornando o primeiro atleta do mundo a utilizar essa abordagem nutricional em uma prova de Ultraman. Agora o atleta já está de olho no calendário de provas do ano que vem que vai contar com a disputa do Campeonato Sul Americano de Ultraman que vai ser no Brasil, a Ultramaratona de Key West de 100milhas / 160km e por fim o Ironman Florida. Siga à jornada desse atleta brasileiro nas mídias sociais @medeirosendurance no Instagram e Alessandro Medeiros Endurance Sports no Facebook

Share

Related posts