Lytron
My Partner
cultureholidays

Mundo Digital – Pesquisa Revela Que Crianças Gastam Muito Tempo no Celular

Os celulares estão cada vez mais presen­tes no convívio de crianças e adolescentes. Alguns pais, também nativos digitais, não percebem as mudanças ou problemas que vão surgindo em função do uso excessivo, como se tudo já́ fosse parte da rotina familiar. Alguns estudos científicos comprovam que a tecno­logia influencia comportamentos por meio do mundo digital, modificando hábitos desde a infância, que podem causar prejuízos e danos ao desenvolvimento da criança.

De acordo com uma pesquisa feita pela Pew Research Center (PRC), dos Estados Unidos, 54% dos adolescentes entre 13 e 17 anos acreditam que passam tempo demais no celular. Em média, a maioria das meninas alegou gastar muito tempo nas redes sociais, enquanto os meninos atribuem as excedentes horas aos jogos. Ainda segundo o estudo, checar as notificações e mensagens é a pri­meira coisa que 45% dos adolescentes fazem assim que acordam, ainda na cama. Mais de 30% deles dizem que perdem o foco na aula porque se distraem com seus telefones e cerca de metade das meninas (49%) dessa idade relatam se sentir ansiosas sem o aparelho por perto.

O celular tem trazido pontos positivos, como o auxílio aos pais na segurança dos filhos com os lugares onde e com quem estão. Além disso, os relacionamentos virtuais podem ajudar adolescentes introvertidos a aprender como se socializar. Outro fator é que as redes sociais podem fornecer ferramentas de ensino mais atraentes, capazes de promo­ver o engajamento de jovens estudantes.

O abuso diário das mídias sociais e das tecnologias tem efeito negativo na saúde de todas as crianças, pré-adolescentes e ado­lescentes, que se tornam mais propensos a ansiedade, depressão e outros problemas psi­cológicos, além de deixá-los mais suscetíveis a problemas de saúde no futuro. Além disso, o uso precoce e de longa duração de jogos online, redes sociais ou diversos aplicativos com filmes e vídeos na Internet pode causar dificuldades de socialização e conexão com outras pessoas e dificuldades escolares.

Share

Related posts