Lytron
My Partner
cultureholidays

As Cidades Que Fazem Parte da Grande Miami

Nos Estados Unidos, um condado é uma subdivisão política e geográfica de um estado, geralmente atribuído a alguma autoridade governa­mental. Miami­-Dade County (comumente chamado de Miami, Miami-Dade, Dade County, Dade, Metro-Dade ou Greater Miami) é um dos 67 condados dos Estados unidos situado na parte mais ao sul do conti­nente norte-americano. Segundo o censo de 2010, Miami tinha uma população de 2.496.435 habitantes, tornando-se o condado o mais populoso da Florida e o sétimo mais populoso do país. Ele também é o terceiro maior condado da Flórida em termos da área de terra, com 5.040 km2.

O condado de Miami é composto de 34 cidades incorporadas, além de muitas áreas não registadas. As partes norte, centro e leste do condado são fortemente urbanizadas, com muitos arranha-céus, além de comportar o distrito financeiro do sul da Flórida, situado em Downtown Miami. A parte mais ao sul de Miami-Dade County inclui as áreas de Redland e Homestead, que compõem a economia agríco­la de Miami.

A área de Redland, onde a produção agrícola predomina, representa cerca de um terço da área de terra habitada de Miami­ -Dade County, mesmo assim é pouco povoada, o que gera um contraste gritante com a área densamente povoada, que é situada ao norte de Miami-Dade County. A parte ocidental do condado estende-se para o Parque Nacional Everglades e é povoada apenas por uma aldeia tribal dos índios Miccosukee.

Segundo o “US Census Bureau”, de 2012, a população de Miami é composta da seguinte forma:

– Americano branco (branco 16,3% não-hispânica): 77,6%

– Africano americano (muitos afro-caribenha americana): 19,2%

– Asiáticos: 1,7%

– Duas ou mais raças: 1,2%

– American Indian e nativos do Alasca: 0,3%

– Hispânicos ou latinos de qualquer raça: 64,3%

No senso de 2011, 51,2% dos moradores de Miami­-Dade County eram nascidos no estrangeiro, incluin­do cidadãos americanos naturalizados. Em 2010, os refugiados cubanos exilados formaram a maior população de imigrantes (com mais de metade da população), com nicaragüenses vindo em segundo, os haitianos em terceiro, seguido por colombianos em quarto lugar, em seguida, hondurenhos, dominicanos, venezuelanos, peruanos, jamaicanos, mexicanos, argentinos e salvadorenhos.

No senso de 2010, 63,77% da população só falava espanhol em casa, 28,07% falava Inglês, Francês Creole 4,22%, 0,64% francês, e 0,55% falava Portu­guês. Outro dado é que 52% dos os residentes do condado nasceram fora dos Estados Unidos, enquanto que 71,93% da população falava uma língua diferente do Inglês como língua principal. Para conhecer a lista de todas as cidades que fazem parte do condado Miami-Dade, veja o link http://guia-miami.com/voce­-sabe-o-que-e-um-condado/

Share

Related posts