Lytron
My Partner
cultureholidays

EUA: 79% dos Adultos Se Preocupam Com Possibilidade de Tiroteios

Quase 8 em cada 10 adultos americanos, um total de 79%, afirmam que se sentem estressados pela possibilidade de um tiroteio em massa, e 33% não frequenta determinados locais e eventos por medo, segundo uma pesquisa publicada em agosto.

Outro resultado do estudo, realizado depois dos tiroteios ocorridos neste mês em El Paso, no Texas, e Dayton, em Ohio, é que as mulheres têm mais propensão a ficarem estressadas por esse motivo que os homens, assim como pessoas hispânicas estão mais propensas que os brancos não hispânicos.

Ter filhos deixa mais difícil permanecer tranquilo. Dos pais ouvidos, 62% disseram viver com medo que os seus filhos possam ser vítimas de um tiroteio em massa. Danos à saúde mental O diretor-executivo da Associação de Psicologia dos Estados Unidos (APA), que encomendou a pesquisa, Arthur C. Evans Jr., disse que os massacres com armas de fogo estão provocando danos à saúde mental e afetando a vida cotidiana de muitos americanos.

“Quanto mais eventos desse tipo ocorrerem em lugares aos quais vamos frequentemente, maior será o impacto na saúde mental”, afirmou Evans, que detalhou que não é necessário passar diretamente por esses eventos para se sentir afetado.

“Só de se informar que ocorreram já pode haver um impacto emocional, e isso pode ter repercussões negativas na nossa saúde mental e física”, acrescentou o diretor-executivo.

O estudo foi realizado pela internet pelo instituto de pesquisa The Harris Poll até a última segunda com 2.017 pessoas maiores de 18 anos residentes em diferentes pontos do país. Os autores deliberadamente se abstiveram de informar a margem de erro em razão da metodologia empregada.

Share

Related posts