Governo da Hungria Proíbe Pessoas sem-teto de Dormir nas Ruas

Entrou em vigor uma nova lei imposta pelo governo do primeiro-mi­nistro da Hungria, Viktor Orbán, que proíbe cidadãos sem-teto de dormirem nas ruas do país. A medida já havia sido aprovada em junho e é uma nova versão da lei de 2013 que previa multas para os moradores de rua que dor­missem em espaços públicos. No entanto, a lei tem gerado polêmica e está sendo considerada “desumana” e “cruel” pelas Nações Unidas e por grupos de defesa dos direitos humanos. A emenda autorizará a polícia a emitir advertências para qualquer pessoa que viva em áreas públicas. Desta forma, as autoridades vão poder expulsar os sem-teto das ruas e encaminhá-los para abrigos. Se eles se recusarem por três vezes em um período de 90 dias, os agentes poderão detê-los e destruir os seus pertences. Segundo dados revelados pelo governo húngaro, há 11 mil vagas para moradores de ruas em alojamentos garantidos pelo Estado. Mas, de acordo com especialistas, há um total de 20 mil desabrigados no país.

Share

Related posts