Jogador da NFL é Diagnosticado com Síndrome de Guillain-Barré

O center Travis Frederick, do Dallas Cowboys, anunciou via Twitter que ele está sofrendo com síndrome de Guillain-Barré, uma doença autoimune. Frederick foi diagnosticado com a enfermidade após testes exaustivos realizados ao longo dos últimos dias.“Estou me sentindo muito melhor do ponto de vista geral de força. Vou continuar esses tratamentos nos próximos dias. Estou muito otimista sobre minha condição e o futuro imediato, já que me disseram que a doença foi detectada em um estágio bem inicial”, declarou Frederick, em nota oficial.

A síndrome de Guillain-Barré é um distúrbio no qual o sistema imunológico ataca o sistema nervoso do corpo em resposta à doença. O center disse que os médicos não lhe deram um cronograma para seu retorno. Contudo, segundo várias fontes com conhecimento da situação, é possível que Frederick perca várias semanas da temporada 2018 da NFL.“Estou esperançoso de que poderei jogar o mais rapidamente possível”, afirmou o offensive lineman.

Frederick não perdeu um jogo sequer nos primeiros cinco anos de sua carreira na NFL até agora. Ele foi nomeado para o Pro Bowl nas últimas quatro temporadas. Em setembro, na Califórnia, Frederick foi examinado pelo Dr. Robert Watkins, especialista em lesões de pescoço e coluna, depois de ter sintomas similares a um formigamento/queimação na região do pescoço.

Com a fraqueza não diminuindo em seu retorno a Dallas, Frederick se encontrou com mais especialistas na cidade texana e a síndrome de Guillain- Barré foi detectada por meio de exame de sangue. Já que os Cowboys não poderão contar com Frederick, Joe Looney será o titular do time na posição de center.“Sou profundamente grato a todas as pessoas que expressaram preocupação ao longo das últimas semanas, e a meus companheiros de equipe e a organização Cowboys que deram a mim e minha família um tremendo apoio”, finalizou Travis Frederick.

Share

Related posts