Boca Raton FC na Briga por uma Vaga na US Open Cup

CARLOS MENESES, O JOGADOR ESCOLHIDO PARA O CAMPEONATO

A temporada do Boca Raton FC segue a todo vapor. O clube agora foca objetivos numa meta: conquistar uma vaga na US Open Cup, tradicional torneio nacional, que contempla todas as divisões do futebol nos Estados Unidos. O caminho está na APSL (American Premier Soccer League), liga regional do Sul da Flórida, onde a história do Boca Raton FC começou.

A missão é árdua, mas nada impossível para o time que foi o campeão de três das últimas quatro edições do campeonato. Os times da MLS (Major League Soccer) também participam do torneio. Em junho o Orlando City enfrentou o Miami United, da mesma divisão do Boca, na quarta rodada da US Open Cup.

Atualmente o Boca Raton FC está na zona de classificação para os playoffs finais – que definirão o campeão e, consequentemente, o indicado pela APSL para o torneio nacional. “A US Open Cup é como a Copa do Brasil. Várias equipes, de todas as divisões têm a chance de jogar e avançar na competição. Podemos assim aumentar ainda mais nossa visibilidade”, explica Douglas Heizer, presidente do Boca.

O torneio na NPSL (National Premier Soccer League) terminou com saldo positivo para o time comandado por Jim Rooney. Os jogos serviram como experimentação e amadurecimento de novos atletas. Neste ano o Boca Raton FC optou por trabalhar com jovens, muitos deles oriundos das academias de futebol locais. Sete jogadores vieram do Team Boca, consolidando uma tendência de aproveitamento de talentos que estão vivendo na região.

Dentre eles, destaca-se o capitão Carlos Meneses. Ele acaba de ser escolhido para a seleção do campeonato, reconhecimento ao trabalho desenvolvido neste ano. “Carlos é nosso capitão e um orgulho para o clube. Ver o campeonato dando o reconhecendo seu talento é especial pra gente”, comentou Douglas. O meia venezuelano tem mais de 600 minutos jogados com a camisa do Boca Raton FC e acumula a experiência de ter defendido no passado clubes como o Desportivo Tachira e o Zamora, figurinhas carimbadas na Libertadores da América.

 

Share

Related posts