Ultra Atleta Brasileiro vai Disputar o Mundial de Ultraman no Hawaii

Alessandro Medeiros em sua última prova, a UB515, que aconteceu no Rio de Janeiro

Alessandro Medeiros, morador de Deerfield Beach, é atualmente o único brasileiro entre 40 atletas de todo o mundo no campeonato mundial de Ultraman Triathlon, que vai ocorrer entre os dias 23,24 e 25 de novembro de 2018 no Havai. A competição tem etapas: 10km de natação, 421km de bike e 84.2km de corrida nos 3 dias.

Nascido no Brasil em 1970, Alessandro, diferente de toda criança brasileira que quer ser jogador de futebol, tinha o sonho de se tornar um grande nadador. Sempre gostou de esportes, e durante a infância praticou natação, vôlei e judô.

O atleta tem mais de 20 anos de experiência, nas maratona de natação, ultramaratonas, passando pelas corridas de aventura e triathlon de ultra distância, foi capitão e navegador da equipe Carpe Diem de corridas de aventura quando descobriu a sua paixão pelos esportes de endurance. Desde então e residindo nos EUA desde 2008, não parou de participar de provas que levam o corpo e mente ao extremo.

Esse tipo de competição é rigorosamente seletiva já mesmo na inscrição, que na verdade é um processo de recrutamento dos mais gabaritados atletas, sempre balizados por seus resultados nas provas de alta resistência. “Ser selecionado para o mundial de Ultraman constitui um grande feito, um reconhecimento à dedicação, esforço e disciplina do atleta”, afirmou.

O Ultraman World Championship é um desafio de resistência com uma distância total de 515Km, na Ilha do Havaii. Cada participante precisa completar 10 Km de oceano aberto, um percurso de bike de 421km e uma corrida de ultra maratona de 84 Km.

O Triathlon é um esporte que surgiu em 1974 na cidade de San Diego (CA), onde os atletas realizam três modalidades diferentes, sempre numa mesma sequência: natação, ciclismo e corrida.

Apenas 40 atletas em todo o mundo se classificam para a prova e não existe prêmio em dinheiro. O atleta obteve sua qualificação no Ultraman da Florida em 2017. Ele também disputou a UB515, a versão brasileira da prova, de 6 a 8 de abril, na qual os atletas foram de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, até o Recreio dos Bandeirantes, no Rio de Janeiro.

Share

Related posts