Lytron
My Partner
cultureholidays

Rússia: O que Esperar do País-Sede da Copa do Mundo?

AS PARTIDAS DA COPA DO MUNDO NA RÚSSIA ACONTECEM ENTRE 14 DE JUNHO E 15 DE JULHO

A poucas semanas da Copa do Mundo Rússia 2018, a ansiedade das 32 equipes participantes, e dos torcedores, aumenta a cada dia. Não é para menos, a bola está prestes a rolar para um dos maiores eventos do mundo. A contagem para o jogo de abertura do torneio começou, e restam poucos dias para a seleção anfitriã fazer as honras da casa.

A Rússia estreia em 14 de junho, contra a Arábia Saudita no Estádio Olímpico Lujniki, em Moscou. Por outro lado, a Seleção Brasileira, comandada pelo técnico Tite, entrará em campo apenas no terceiro dia de competição. Neymar e companhia têm um confronto relativamente tranquilo contra a Suíça, em 17 de junho, em Rostov. Mas o que esperar do primeiro jogo da Amarelinha em Copa, após o terrível 7 a 1 diante da Alemanha?

Aos milhares de brasileiros que sonham com o título e vão à Rússia acompanhar à campanha do Brasil de pertinho, separamos algumas informações que podem complementar a experiência única de assistir uma Copa do Mundo. Fazer a troca do Real para o Rublo – moeda local – antes de desembarcar no país é importante. A mudança de moeda pode ser feita em aeroportos e bancos. Euros ou dólares são aceitos em uma minoria do comércio da Rússia.

Confirme as reservas e ingressos para os jogos do Mundial e sempre tenha em mãos um mapa para melhor locomoção. Caso tenha dificuldades com o idioma, recorra a guias turísticos, que falem o idioma de sua preferência. A Rússia se prepara para o Mundial, e as expectativas dos torcedores para o maior torneio do futebol são as melhores. Ao todo, são 11 cidades escolhidas para sediarem os jogos da competição, e os doze estádios foram testados antes dos eventos do torneio.

A grande preocupação da Fifa sobre os palcos dos duelos era com a Cosmos Arena, localizada em Samara, porém foi entregue no final de abril. O andamento das obras nas arenas russas é similar comparado ao Brasil, última sede da Copa do Mundo, em 2014. Com apenas três meses para o início da competição seis estádios russos já estavam prontos e testados. No país do futebol, no mesmo prazo, faltavam apenas quatro arenas: a de Cuiabá, Manaus, São Paulo e Curitiba.

O problema maior aconteceu nas duas últimas, entregues com apenas um mês para o início dos jogos. Destaque para a Arena São Paulo, palco de abertura do torneio. Porém, os principais empecilhos ficaram para as obras locais no transporte público e aeroportos. Na Rússia, aproximadamente 95% das mudanças urbanas estão prontas.

Um pouco diferente dos latinos americanos, o povo russo não costuma ser tão espontâneo. Não pense que são mal educados, são apenas conservadores e cautelosos. Porém aguardam ansiosos pela chegada dos principais craques e seleções que estão para desembarcar no país. Além do grande espetáculo que podem proporcionar dentro e fora dos gramados. O resto, é contagem regressiva para a Copa.

Share

Related posts