Feijoada

A Trajetória do Forno de Minas nos EUA

A receita do Forno de Minas passou de geração em geração. “Dona” Dalva por muito tempo encantou sua família com o Pão de Queijo que ela fazia em casa. Esta deliciosa receita caseira foi o ponto de partida para a empresa. Em 1990, Dona Dalva começou a vender seu Pão de Queijo em uma pequena loja na capital do estado. Isso a levou aos negócios. Ela fundou a Forno de Minas, uma empresa familiar que ainda administra em conjunto com seus filhos. A empresa é pioneira na produção do congelado Pão de Queijo, uma marca top of mind no Brasil e líder absoluto em participação de mercado, exportando para vários países ao redor do mundo. Usando apenas ingredientes naturais provenientes de produtores locais, respeitando o processo de preparação usado pelos agricultores durante séculos, o Pão de Queijo da Forno de Minas é o sabor autêntico do coração do Brasil. Desde 2014, a Forno de Minas opera uma subsidiária integral nos EUA, a primeira fora do Brasil, onde os americanos agora podem encontrar o autêntico Pão de Queijo em supermercados, cinemas e restaurantes. Nesta entrevista, Tamyres Romano, gerente de Marketing e Comunicação Internacional da Forno de Minas há 2 anos, fala sobre a implantação do Forno de Minas nos Estados Unidos. Profissional Pós-Graduada em Marketing pela UCLA, MBA em Comunicação Estratégica pelo IBMEC e Bacharel em Administração PUC-Rio, possui 8 anos de experiência principalmente na indústria de bens de consumo. Após morar em cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Los Angeles e Miami, sua combinação de vivencias nacionais e internacionais tem sido fundamental para o projeto de expansão da Forno de Minas no mercado internacional.

LINHA ABERTA: O Forno de Minas está entrando no mercado americano. Como surgiu a ideia de expandir para os EUA ? Há quanto tempo vocês estão nos EUA?

TAMYRES ROMANO: Nós exportamos nossos produtos para os EUA desde 1998 para atender ao mercado brasileiro local. Em 2015 abrimos uma subsidiária nos EUA com o objetivo de expandir nossa atuação no mercado americano. Acreditamos muito que o Pão de Queijo tem potencial de se tornar um produto global, não só pelo seu sabor único, mas também por suas características que atendem a tendências de mercado, como o uso de ingredientes naturais e isento de glúten.

LINHA ABERTA: Quais as estratégias de mercado para alcançar o consumir americano?

TAMYRES ROMANO: O Pão de Queijo é um produto altamente aceito por diversas culturas, no entanto, ainda muito desconhecido. Os produtos que usam ingredientes derivados da mandioca (tapioca, polvilho, etc.) que não fazem parte da cultura americana e ainda são bastante desconhecidos. Com isso, temos o papel de educar o consumidor sobre o que é o Pão de Queijo e também gerar oportunidades de experimentação. Em todas pesquisas que fizemos e em eventos que participamos, a aceitação do Pão de Queijo é altíssima. É um produto que cai no gosto não só dos americanos, mas também latinos e outros expatriados que moram nos EUA.

LINHA ABERTA: Nesse contexto, existe uma estratégia de marketing para alcançar o brasileiro que mora nos EUA?

TAMYRES ROMANO: Desde 2015, com a criação de um Business Unit nos EUA, temos uma equipe dedicada a expandir a nossa atuação no mercado americano não só direcionado aos nativos, mas também aos brasileiros que moram localmente. Como exemplo, no fim de 2017 e início de 2018 fizemos uma campanha em TV e Digital voltada somente para brasileiros para reforçar a nossa presença e liderança no mercado local.

LINHA ABERTA: Este ano, vocês receberam o Business Press Award pelo desempenho da empresa nos EUA. O que representa este reconhecimento para vocês?

TAMYRES ROMANO: Ficamos bastante felizes pelo reconhecimento da qualidade e tradição da Forno de Minas e seus produtos. Temos também bastante orgulho e prazer em poder levar um item tão tradicional da nossa cultura para mais perto da comunidade brasileira nos EUA.

LINHA ABERTA: Conte um pouco da história da empresa.

TAMYRES ROMANO: Na década de 90, a casa da Dona Dalva vivia cheia. Enquanto botavam o papo em dia, eles aproveitavam as fornadas quentinhas de seu famoso pão de queijo. O sucesso era tanto que ela e seus filhos Helder e Hélida resolveram construir uma fábrica em BH. Logo o pão de queijo conquistou todo mundo e virou líder de mercado. Mas a família Mendonça decidiu vender a empresa em 1999 para um holding inglesa. Dez anos depois, eles recompraram a fábrica e voltaram a fabricar seu inconfundível pão de queijo. Não demorou para a Dona Dalva levar todo seu talento e carinho para outras receitas: empanadas, waflles, folhados, lasanha e várias outras delícias. Hoje somos uma família enorme! Toda a equipe é treinada de perto pela Dona Dalva, que fiscaliza até os laboratórios de controle de qualidade e seleciona os fornecedores de matéria-prima com o máximo de rigor e cuidado. Para que as receitas fiquem sempre perfeitas, os queijos também são fabricados em uma indústria de laticínios pertinho de BH. E da capital mineira ganhamos o mundo! Hoje são 9 filiais no Brasil e uma nos EUA, que exportam nossos produtos para 15 países.

LINHA ABERTA: Qual a receita do sucesso?

TAMYRES ROMANO: Temos grande compromisso em garantir a qualidade dos nossos produtos e também mantendo sempre a tradição das receitas da Dona Dalva desde a criação da empresa. O amor e paixão da família Mendonça, que ainda estão na linha de frente da gestão da companhia, continua sendo a engrenagem para o sucesso da nossa empresa mundialmente.

Related posts