Starbucks está Diminuindo sua Seleção de Produtos

Em breve, na Starbucks mais próxima: Menos variedade. As espectativas são de ter uma variedade menor de escolha de produtos, na área principal da sua rede de café, breve neste mesmo ano. Após reportar um desapontante feriado neste trimestre “stateside”, Starbucks(SBUX, +0.98%) está planejando remover 200 itens, ou 30% dos tipos de mercadorias que vende no balcão.

O objetivo? Para facilitar adicionar e remover itens conforme a necessidade e não dificultar com coisas que os clientes podem acabar não gostando. “O processo de simplificação aumenta nosso foco, e reduz a complexidade operacional em nossas lojas,” Scott Maw, Diretor Financeiro (CFO) disse aos investidores recentemente.

Starbucks não é a única rede a descobrir que menos frequentemente é mais no varejo. Target(TGT, -0.10%) são dois anos em um esforço para diminuir a variedade dos tamanhos, sabores e até mesmo outras marcas nas prateleiras, descobrindo a chave para integrar levemente lojas e lojas virtuais, e que crucialmente os clientes acabam não querendo tantas opções de qualquer forma.

Ditto Kohl’s(KSS, +0.53%), que está aprendendo mais em seu site para dar suporte às suas lojas onde preferem estocar menos agora, mas focar mais em volumes maiores, vender rapidamente itens mesmo que diminua centenas de suas lojas.

De fato, os dias de surpreender e conquistar os consumidores com variedades infinitas de produtos em suas lojas, pode estar no fim. Assim como anteriormente, P&G Diretor Executivo (CEO) Alan G. Lafley disse em alguns anos atrás, “Você está desperdiçando o tempo deles.” Uma versão deste artigo aparecerá em março de 2018 da revista Fortune com o título “Vendedores aprendem que menos é mais.”

Share

Related posts