Atividades Pedagógicas no Desenvolvimento das Crianças

NÃO HÁ NADA QUE POSSA SER MAIS PRODUTIVO PARA O DESENVOLVIMENTO DE UMA CRIANÇA DO QUE A INTERAÇÃO ENTRE PAIS E FILHOS. APESAR DE TODAS AS SOLUÇÕES TECNOLÓGICAS VOLTADAS PARA AS CRIANÇAS, AS ATIVIDADES PEDAGÓGICAS CONTINUAM SENDO PRIMORDIAIS PARA O APRENDIZADO DOS PEQUENOS

Atividades lúdicas e pedagógicas compõem o universo da educação infantil que começa ainda dentro da barriga da mãe e se estende por toda a nossa vida. Não é mentira que escutamos quase que diariamente “ah, meus tempos de infância!”. Inserir atividades pedagógicas no dia a dia dos seus filhos e fazer disso uma forma de descontração pode proporcionar momentos inesquecíveis e estreitar ainda mais os laços de afeto entre vocês, além de ampliar o conhecimento e a percepção dos pequenos.

GOSTOU DA IDEIA, ENTÃO POR ONDE COMEÇAR?

O primeiro passo é planejar uma atividade, procurar um momento adequado para executá-la e providenciar os materiais necessários para não deixar nada atrapalhar a brincadeira. Tanto uma atividade de mesa, com cola, tinta e papel, quanto corporal, com um circuito de tarefas, por exemplo, exigem preparo e dedicação. Jogos, brinquedos e brincadeiras, tudo deve ser desenvolvido e pensado para cada faixa etária, o que proporciona condições específicas voltadas para a evolução física, social, emotiva, cognitiva e motora do seu filho.

ADIVINHANDO OS GOSTOS

Além de ser uma chance única de apresentar novos sabores e aguçar o paladar do seu filho, a brincadeira que consiste em adivinhar se um alimento é doce, salgado ou azedo auxilia também na percepção da textura da comida, fazendo com que os pequenos identifiquem se o alimento é duro, mole ou líquido e encarem essa diferença com mais naturalidade. Uma venda nos olhos e um cronometro com contagem regressiva vai deixar tudo muito mais divertido.

GINCANA

A ideia de fugir do óbvio encanta os pequenos atletas, ainda mais quando recebem a missão de fazer movimentos e orientações que fogem dos padrões desse tipo de brincadeira como, por exemplo, correr de costas, de um pé só, com os braços levantados e por aí vai. O que vale aqui é a descontração e a prática da atividade. Além de servir como incentivo aos exercícios físicos, brincar auxilia na melhoria da coordenação motora e do equilíbrio do corpo.

Share

Related posts