Temer desembarca na Rússia para visita oficial de dois dias

Presidente brasileiro foi recebido em aeroporto da região metropolitana de Moscou pelo vice-ministro de Relações Exteriores russo. Nesta terça (20), peemedebista assistirá apresentação do Balé Bolshoi.
Após quase 15 horas de viagem, o presidente Michel Temer desembarcou nesta terça-feira (20), por volta de 12h20 do horário local (6h20 em Brasília), na capital da Rússia para uma visita oficial de dois dias. O objetivo da viagem é tentar atrair investimentos para o Brasil.
Ao chegar ao país europeu, Temer foi recebido no aeroporto da região metropolitana de Moscou pelo vice-ministro de Relações Exteriores russo, Sergei Ryabkov, e pelo embaixador do Brasil na Rússia, Antonio Salgado.
A comitiva brasileira deixou o aeroporto em direção à Duma, a câmara baixa de deputados da Rússia. No parlamento russo, Michel Temer se reunirá com o presidente do Legislativo para tratar de relações bilaterais entre os dois países.
Mais tarde, o peemedebista tem agenda com o vice-primeiro ministro da Rússia e também participará de um seminário com empresários russos para falar de oportunidades de negócios no Brasil.
À noite, o presidente e a comitiva brasileira irão assistir a uma apresentação do Balé Bolshoi, um dos mais famosos do mundo.
Somente no segundo dia da visita oficial é que o chefe de Estado brasileiro será recebido pelo presidente russo Vladimir Puttin e pelo primeiro-ministro do país europeu, Dmitri Medvedev.
Noruega
Antes de retornar para o Brasil, Michel Temer fará uma escala na Noruega para uma visita oficial. Em Oslo, ele se reunirá com o rei norueguês Harald V, com a primeira-ministra do país europeu, Erna Solberg, e com o presidente do parlamento local, Olemic Thommessen.

O foco da visita à Noruega será a agenda ambiental, em que o país europeu é um dos principais parceiros brasileiros.
Outra pauta de Temer em território norueguês é a ampliação do comércio bilateral. Temer tem a missão de renovar o acordo de livre comércio entre o Mercosul e a Associação Europeia de Livre Comércio (EFTA).
A primeira rodada de negociações entre o Mercosul e o EFTA ocorreu no mês de junho em Buenos Aires. O EFTA inclui, além da Noruega, Islândia, Liechtenstein e Suíça. A Noruega é o oitavo maior investidor estrangeiro no Brasil.

Related posts