João Doria recebe o Prêmio Person Of The Year em New York

O prefeito de São Paulo João Doria recebeu o reconhecimento como Person of the Year pela Câmara do Comércio Brasil-Estados Unidos, em New York. O tradicional gala da câmara aconteceu pela primeira vez no American Museum of Natural Science. Entre as personalidades presentes ao evento Geraldo Alckimin, governador de São Paulo e Yara Gouveia, da Elite International Realty. João Doria disse que ficou hon¬rado em ser o brasileiro escolhido para ser o homenageado pela câmara do comerico brasileira de New York. Ele transmitou ao vivo a cerimônia pelo seu Facebook.
Falando aos principais empresários e banqueiros do Brasil reunidos no evento organizado pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos no Museu de História Natural, em Nova York, Doria se apresentou como alguém com ousadia, coragem e disposição para trabalhar. Ele também fez diversas menções aos projetos que está tocando na Pre¬feitura de São Paulo, como se fosse uma prestação continuada de contas dos primeiros meses de sua gestão. Doria falou que está reduzindo as despesas da Prefeitura e que tem um programa de desestatização pelo qual espera arrecadar US$ 2,5 bilhões. Ele quer vender mercados municipais, serviços funerários, o Centro de Convenções do Anhembi e o estádio do Pacaembu, além de “terrenos e propriedades inúteis”.
O mandato do prefeito de São Paulo, João Doria Jr., completou 100 dias em abril. Para chegar ao comando da maior cidade do país, Doria se lançou como um “não político” e assumiu o discurso de “bom gestor”. Além disso, fez 118 promessas na campanha eleitoral, o que demandaria cumprir uma meta a cada 12 dias em seu governo. Assíduo comunicador nas redes sociais nos 100 dias de mandato, conquistou fãs e críticos não só entre os paulistanos como entre pessoas de outras cidades e estados, o que o fez a ser até mesmo cogitado como um pos¬sível candidato a presidente do PSDB para 2018.
Uma pesquisa do Datafolha divulgada) pelo jornal “Folha de S.Paulo” mostrou os seguintes percentuais de avaliação da gestão do prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB)

Related posts