EUA enviam dois bombardeiros B-1 para península coreana

Os B-1 irão participar de manobras militares na região.
Os Estados Unidos decidiram, nesta terça-feira (20), enviar dois bombardeiros estratégicos B-1 para a península da Coreia. O objetivo é a realização de manobras com as forças aéreas sul-coreanas, segundo confirmou um porta-voz de Defesa em Seul.
Os B-1 executarão exercícios com dois caças F-15K das forças aéreas sul-coreanas, explicou o porta-voz, detalhando são “manobras programadas com regularidade”.
Apesar da afirmação, o envio dos bombardeiros a partir da base aérea americana Andersen, na ilha de Guam, acontece após a confirmação da morte do estudante americano, Otto Warmbier, detido pela Coreia do Norte no ano passado e repatriado na semana passada em coma.
O estudante ficou mais de um ano em coma, em que entrou pouco após a sua última aparição em público (durante seu julgamento em Pyongyang, em março de 2016), de acordo sua família.
O regime norte-coreano diz que Warmbier sofreu um surto de botulismo, após ele ter tomado um comprimido para dormir e que não voltou a acordar, versão que seus familiares questionam.
A última vez que os EUA enviaram bombardeiros B-1 para a península coreana foi no dia 29 de maio, horas após o regime de Pyongyang ter lançado um míssil balístico, durante um teste.

Related posts