Secretário de Estado americano não irá à reunião da Otan, diz agência

Presidente americano, Donald Trump, criticou em várias oportunidades a Otan, organização que considera ‘obsoleta’.
O Secretário de Estado americano, Rex Tillerson, não participará na próxima reunião de chanceleres da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), nos dias 5 e 6 de abril em Bruxelas.
“O subsecretário de Estado Tom Shannon representará os Estados Unidos na reunião”, afirmou à AFP uma fonte americana que pediu anonimato.
Tillerson deve se reunir nesta semana em Washington com os ministros das Relações Exteriores dos países da Otan que participam na coalizão internacional que luta contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI).
“Após estas consultas e reuniões, viajará em abril ao encontro do G7 na Itália e, depois, para reuniões na Rússia”, disse a mesma fonte.
O presidente americano, Donald Trump, criticou em várias oportunidades a Otan, organização que considera “obsoleta”. No mês passado, no entanto, durante uma visita a Bruxelas o vice-presidente americano, Mike Pence, manifestou apoio à Aliança e pediu aos sócios que aumentem os gastos militares.
Em 2014, a Organização do Tratado do Atlântico Norte fixou como objetivo que cada país membro tenha gastos de defesa equivalentes a 2% do PIB durante a próxima década. No momento, entre os 28 membros da Otan, a meta é atendida por Estados Unidos, Reino Unido, Polônia, Grécia e Estônia.

Related posts