SpaceX lança foguetão a partir da mítica plataforma 39A na Florida

É o primeiro lançamento com sucesso para a SpaceX, desde o acidente em setembro, com um outro foguetão. A plataforma 39A foi construída pela NASA para as missões Apolo à Lua.
Já está no espaço o foguetão Falcon 9, a caminho da Estação Espacial Internacional. A missão pertence à empresa privada SpaceX e vai transportar mais de duas toneladas de alimentos e equipamentos para os seis astronautas que estão a bordo da Estação Espacial Internacional (EEI).
Este é o primeiro lançamento com sucesso para SpaceX desde o acidente, em setembro de 2016, que destruiu a principal plataforma de lançamentos da empresa na base de Cabo Canaveral, na Florida.
“O bebé voltou a casa”, escreveu Ellon Musk no Twitter, quando o foguetão de 70 metros de altura aterrou novamente na plataforma 39A, nove minutos depois da descolagem e de ter lançado a nave de carga Dragon no espaço.
Já a plataforma 39A, de onde partiu este domingo o foguetão Falcon 9 é nada mais, nada menos do que a mítica instalação construída pela NASA para as missões Apolo à Lua, na década de 1960, e mais tarde reaproveitada para os vaivéns espaciais norte-americanos.
A plataforma foi usada pela última vez em 2011, para o lançamento de um vaivém. Em 2014, a SpaceX alugou o espaço por um período de 20 anos e gastou milhões na sua remodelação.
A empresa de Ellon Musk tem como objetivo dominar a reutilização de foguetões, diminuindo assim os custos nas viagens espaciais.
Com o fim do programa dos vaivéns, a NASA contratou a SpaceX para transportar material para a Estação Espacial Internacional. Em 2018, a Space X e Boeing Co deveriam começar também a transportar astronautas para a EEI mas o processo pode ser atrasado devido a problemas técnicos vários apontados em relatórios do governo norte-americano.
Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Related posts