Ex-nadador australiano Grant Hackett é preso após sofrer ‘colapso’ na casa dos pais

Pai do medalhista olímpico contou ao jornal local 'Gold Coast Bulletin' que chamou a polícia para que o ex-atleta de 36 anos recebesse ajuda. O Ex-nadador australiano Grant Hackett foi preso e detido pela polícia de Gold Coast, nesta quarta-feira (15), depois de sofrer um "colapso" na casa de seus pais, noticiou a mídia local. O pai do medalhista olímpico contou ao jornal local "Gold Coast Bulletin" que chamou a polícia para que o ex-atleta de 36 anos recebesse ajuda. "Grant tem um problema médico que se manifestou aqui nesta quarta-feira de manhã... ele estava delirando um pouco", disse Neville Hackett ao jornal. "Ele está sendo tratado por um médico. Ele é grande e forte quando não está feliz. Decidimos que ele precisa de algum tratamento, mas ele não iria sair para se tratar hoje de manhã de jeito nenhum, então chamamos a polícia." "A única maneira de a polícia poder fazer alguma coisa de acordo com a lei do país é prendê-lo por violência doméstica", disse. Neville Hackett disse que o nadador não fez nenhuma ameaça, mas que não é "o que você chamaria de uma pessoa normal". A rede local Channel Seven publicou imagens em vídeo de Hackett sendo levado a uma delegacia algemado. O porta-voz da polícia de Queensland disse que um homem foi preso "após um distúrbio em uma residência de Surfer's Avenue, em Mermaid Waters, perto do meio dia". O agente de Grant Hackett não foi encontrado para comentar o caso. Hackett conquistou o ouro nos 1.500 metros na Olimpíada de Sydney de 2000 e nos Jogos de Atenas de 2004 e se aposentou depois da Olimpíada de Pequim de 2008, na qual ficou com a prata na mesma competição.

Related posts