Saiba como funcionam as regras do Polo Aquático

O nome polo aquático vem da semelhança com o polo, esporte praticado em terra firme com cavalos, mas a versão aquática, em vez de cavalos era praticada com canoas na Inglaterra do século XIX. Os atletas em vez de se movimentar com canoas, usam as pernas e braços para se movimentar dentro d’água e tentar marcar gols. O polo aquático foi o primeiro esporte coletivo a entrar no programa olímpico. A estréia foi no ano de 1900 nos Jogos de Paris, porém só na versão masculina. O polo feminino estreou somente um século depois, em Sidney, 2000. E por falar em estreia, os Jogos do Rio de Janeiro marcará a primeira participação da seleção feminina de polo aquático em Olimpíadas. Os homens participaram sete vezes do torneio. A primeira participação foi nos Jogos da Antuérpia em1920, o melhor resultado foi o 12º lugar em Los Angeles em1984, última vez que a equipe brasileira disputou os jogos.
Apesar de não ter tanta tradição no esporte, a Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA) fez um projeto para tornar possível a conquista da primeira medalha para o Brasil na modalidade. “No masculino, o treinador é um croata Ratko Rudic, ele tem seis medalhas olímpicas como treinador e atleta. O objetivo dele é de ganhar uma medalha nos jogos. Os nossos jogadores estão jogando nas principais ligas no mundo e ainda repatriou o Felipe Perrone, um dos melhores do mundo, que é brasileiro e espanhol. O goleiro é sérvio e está sendo naturalizado,” disse o treinador Mike Moraes, treinador da seleção amazonense de polo aquático. Já no feminino, que tem americana e australiana como favoritas, ele diz que a vinda do treinador canadense Pat Oaten trouxe evolução ao time Nacional. “Se fosse ver a seleção há três anos houve uma evolução muito grande, a esperança maior é no masculino
até porque tem mais jogadores de renome nacional,”opinou. A equipe brasileira conta com a presença da amazonense Lucianne Barroncas, que aguarda convocação para os Jogos Olímpicos.

Related posts