As redes sociais

Nesta edição da Linha Aberta estamos falando sobre redes sociais. As redes sociais chegaram para ficar. O Facebook conta com 2 bilhões de usuários ao redor do mundo, enquanto o Twitter atrai mais de 310 milhões de pessoas. Não podemos esquecer também das outras redes, como YouTube, Instagram, Periscope e os blogs. Fica cada dia mais complicado estarmos sempre presentes no mundo virtual. A dependência das pessoas em relação às redes sociais é tão grande que se um amigo não estiver conectado, ele é considerado uma pessoa desconectada.

E nesse afã de estar antenado, muitas vezes, deixamos de gastar tempo com coisas super importantes porque estamos muito ocupados postando fotos e videos, buscando o melhor ângulo da foto e vendo os posts de nossos amigos virtuais constantemente.

Várias pesquisas começam a ser feitas com o objetivo de analisar o comportamento humano antes e depois do Facebook, apresentando pontos positivos e negativos sobre a forma como nos relacionamos com as pessoas no mundo real e no mundo virtual. As redes sociais mudaram a forma como as pessoas se comunicam. Hoje estamos mais próximos de familiares e amigos que estão longe, e muitas vezes, longe de pessoas que estão à nossa volta. Ao gastarem horas e horas nas redes sociais, as pessoas deixam de interagir cara-a-cara e isso pode prejudicá-los seriamente. O mundo “offline” jamais pode ser substituído pelo online.

Nem todas as informações que circulam nas redes sociais são verdadeiras, na hora de dar um share é interessante que você leia toda a informação, pois você é responsável por aquilo que divulga. Temos bastante liberdade e também por isso podemos perder nossa privacidade. Depende principalmente do quanto nos expomos com fotos, comentários e informações. Por isso, curta as redes sociais, mas saiba como administrar seu tempo. Por isso, na era das midias sociais, #Fica a dica.

Related posts