Turismo no Rio de Janeiro

Sempre a cidade maravilhosa

 

 

 

Cristo Redentor

O Rio de Janeiro está celebrando seus 450 anos com várias atividades que contam a história da cidade. Um dos eventos é a exposição Rio 450 Anos Uma História de Futuro, que faz parte do calendário de comemorações do aniversário da cidade maravilhosa. E no mês da Independência, celebramos o aniversário do Rio de Janeiro apresentando o que de melhor a cidade tem a oferecer aos turistas. Não há quem visite o Rio de Janeiro que não fique encantado com tanta beleza natural reunida num só lugar. A cidade maravilhosa, como é conhecida mundialmente, é carro chefe como um dos mais belos cartões postais do Brasil, impressionando brasileiros e estrangeiros por suas peculiaridades.

Do primeiro ao último minuto do ano, não falta o que fazer, o que visitar e o que rever na cidade do Rio de Janeiro. Além das praias e de seus outros dois ícones geográficos o Corcovado e o Pão de Açúcar, o Rio vem ganhando uma série de atrativos culturais, gastronômicos e esportivos. O esplendor do Cristo Redentor, que é a marca do Rio de Janeiro e sua imagem está registrada como parte da história da cidade. O monumento em estilo art deco e eleito uma das novas sete meravihas do mundo, foi concebido pelo engenheiro brasileiro Heitor da Silva Costa e construído em colaboração com o escultor francês Paul Landowski e o engenheiro francês Albert Caquot, entre 1922 e 1931.

Foi inaugurada no dia 12 de outubro de 1931, dia de Nossa Senhora Aparecida. A estátua fica no topo do morro do Corcovado, a 709 metros acima do nível do mar, no Parque Nacional da Tijuca, com vista para a cidade. Um símbolo do cristianismo brasileiro, a estátua se tornou um ícone do Rio de Janeiro e do Brasil. Em uma pesquisa realizada pela revista América Economia, no ano de 2011, o Cristo Redentor foi considerado por 23,5% dos entrevistados como o maior símbolo da América Latina. A pesquisa foi feita pela internet e reuniu a opinião de 1734 executivos de todos os países da região.

 

 

Pão de Açúcar

O Pão de Açúcar é um complexo de morros localizado no bairro da Urca e composto pelo morro do Pão de Açúcar, que dá nome ao complexo, morro da Urca e morro da Babilônia. Junto com a estátua do Cristo Redentor que é o maior cartão-postal da cidade do Rio de Janeiro e um dos mais famosos do Brasil. Pelas características únicas, margeado pelas águas da baía de Guanabara, é em uma referência turística internacional para a cidade. Possui como atração complementar o passeio de teleférico, interligando a Praia Vermelha e o Morro da Urca ao Pão de Açúcar. Conhecido como Bondinho do Pão de Açúcar, o teleférico foi idealizado em 1908 e inaugurado em1912, tornando-se o primeiro teleférico instalado no país e o terceiro do mundo.

Nesses mais de noventa anos de existência, já transportou mais de trinta milhões de pessoas. Na última estação do bondinho temos a vista panorâmica das cidades do Rio de Janeiro e de Niterói. O Morro do Pão de Açúcar, o mais alto do complexo, é constituído por um bloco único de gnaisse-granito com mais de seiscentos milhões de anos de idade, que surgiu da separação entre os continentes sul-americano e o africano, e que sofreu alterações por pressão e temperatura. Eleva-se a 395 metros acima do nível do mar. É rico em espécies de plantas rupícolas, estando presente em suas faces diversas espécies endêmicas de bromélias e orquídeas.

 

 

Arco da Lapa

O Circo nasceu bem antes que a Lapa se tornasse a atração túristica que é hoje. Não há carioca que não conheça ou gringo que não queira ver um show nesse templo que começou mambembe como um circo de interior, numa lona na Praia do Arpoador. Que entre 1982 e 1996 foi símbolo da cultura alternativa na Lapa, passou um tempo fechado por conta de problemas com a prefeitura e voltou a voar em 2004, com mais qualidade técnica, capacidade para um público maior, bar com mesas, área de exposições e convivência. E que passou a ser refêrencia nacional para grandes músicos brasileiros. Por ali já passaram Tim, Gil, Caetano e Chico, só para citar alguns.

A Lapa, no Rio de Janeiro é o local da boemia e da boa música e todos são convidados para ver de perto a alegria contagiante de suas ruas. Neste lugar onde a diversão é eterna, histórias se confundem e são contadas nos sobrados centenários eclipsados pela noite.

 

 

Maracanã

O Estádio do Maracanã foi inaugurado em 1950, tendo sido utilizado na Copa do Mundo de Futebol daquele ano. Desde então, o Maracanã foi palco de jogos clássicos para os grandes times cariocas: Flamengo,Vasco, Fluminense e Botafogo. E outros grandes momentos do futebol brasileiro e mundial, como o milésimo gol de Pelé, finais do Campeonato Brasileiro, Carioca de Futebol, Taça Libertadores da América e do primeiro Campeonato Mundial de Clubes da FIFA, além de competições internacionais e partidas da Seleção Brasileira.

Foi também o palco da partida do final da Copa do Mundo FIFA de 2014. Sediará o futebol e as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos Olímpicos de 2016, que serão realizados na cidade do Rio de Janeiro. Após diversas obras de modernização, a capacidade do estádio é de 78.838 espectadores, sendo o maior estádio do Brasil.

 

 

Related posts