Gaúcho representou o Brasil na ONU pelo terceiro ano consecutivo

Em agosto, Marcelo Andriotti, criador do projeto cultural Favela Mundo, participou da 7ª Conferência Anual Millennium Campus, um evento que reuniu líderes de 50 países para debater e apresentar novos projetos nos âmbitos sociais e sustentáveis.“Fomos a única entidade brasileira presente nesse importante evento e a Feira de Oportunidades abrirá as portas para que a Favela Mundo leve sua metodologia a outros países, fazendo parcerias ou até mesmo dando chances de estrangeiros trabalharem conosco no Brasil e de levarmos nossos alunos ou professores para o exterior,” afirmou.

A entidade apresenta cursos de teatro, música e danças
A entidade apresenta cursos de teatro, música e danças

A Favela Mundo trabalha com crianças e jovens das periferias cariocas. Pela organização já passaram mais de 1.300 pessoas de 73 diferentes comunidades do Rio de janeiro e baixada Fluminense em cursos de teatro, música e danças (ballet, dança afro-brasileira, jazz, hip hop). Atualmente a Favela Mundo está presente nas zonas norte e oeste da cidade e inaugura em 8 de setembro mais uma sede na conhecida Cidade de Deus, onde abrirá mais de 600 vagas para crianças, jovens e adultos, além de ter finalizado no mês passado um grande projeto de capacitação profissional para adultos na Maré. A entidade tem recebido reconhecimento internacional.

 

Share

Related posts