RELIGIÃO DEVE SER DISCUTIDA POR TODOS

RELIGIÃO DEVE SER DISCUTIDA POR TODOS

C erta pessoa nos disse com certa revolta: “Religião não se discute!”. E nós respondemos: discutimos política; discutimos problemas sociais; discutimos problemas econômicos; da fome, e muitos outros assuntos, todos transitórios; entretanto aquilo que é eterno, mais importante e mais necessário, deixamos de lado, que é o nosso relacionamento com Deus. Estamos aqui na terra provisoriamente. A vida é curta em relação à eternidade. Uma vez Jesus falando deste assunto disse: “Que te conheçam a ti por único Deus verdadeiro”. Então se conhecer a Deus é a maior necessidade, por que não o discutir? É uma grande insensatez deixar de falar a respeito deste assunto. Afinal que é religião? É uma palavra derivada do latim, religari.

Pr. Timofei Diacov linha aberta revista brasileira na florida usa imigrantes comunidade america miami orlando imprensa
O homem, no princípio estava com Deus, e a Bíblia diz que Deus é luz. Tudo corria às mil maravilhas até que o homem se desligou do seu Criador. Hoje, ele vive nas trevas e não sabe para onde vai, porque as trevas cegaram-lhe os olhos; porque ele continua necessitando de ser religado com o seu Deus. Sendo assim, deveria ele com maior urgência procurar voltar-se para o seu Criador. Entretanto, ele continua dizendo: “Religião não se discute”. O homem necessita de vida, comunhão com Deus, paz e da verdadeira alegria. E como não encontra, procura encontrá-la nos prazeres da carne. E assim, será até à morte; e o homem vai se encontrar com seu Deus para prestar-Lhe conta de sua negligência, enquanto Jesus diz: “Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo” (Apoc 3:20).
A Bíblia dmuitas vezes fala do homem que este está morto em seus pecados e delitos. Qual é a maior necessidade do morto, se não a vida? Como podemos estar percebendo, a maior necessidade do homem é estar religado com o seu Criador; e ele, porém insiste a dizer: “este assunto não se discute”. Existem no mundo milhares de religiões, que o próprio homem criou para si, pois sente que existe um Ser Superior, que a Bíblia chama de Deus. E o homem aceita esses deuses sem discutir, e o faz sem usar a sua inteligência. Ele está dando um salto no escuro. Que pena! A palavra de Deus está sendo pregada diariamente e por todos os veículos de comunicação. Mas o homem continua teimosamente a dizer: “Religião não se discute, mas aceita-se cegamente. Jesus Cristo é a própria religião: “Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim” (João 14: 6).
Qual foi o preço que Jesus pagou para ser considerado a própria religião de Deus que é a verdadeira religação do homem com Deus? Vejamos em I Coríntios 6:20: “Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus”. Além disto, a Bíblia, O apresenta como a imagem do próprio Deus.
Diante do exposto, o prezado leitor já se convenceu de que o assunto mais importante é o relacionamento do homem com Deus? Já se convenceu de que religião deve ser discutida, uma vez que, dizem que da discussão nasce a luz, ou seja, a verdade, e (Cristo é a própria verdade)? Concluindo, esperamos ter ajudado o prezado leitor, a encontrar o caminho do regresso para Aquele que o criou e o aguarda, para recebê-lo com um abraço carinhoso, à semelhança do pastor que reencontra a ovelha perdida.

>> Timofei  Diacov é pastor no Brasil e trabalha com programa de rádio há vários  anos. Ele é colunista da  revista Linha Aberta.

Share

Related posts