Lytron
My Partner
cultureholidays

Governo autorizou 52 mil estrangeiros a trabalhar no Brasil em 2014

Governo autorizou 52 mil estrangeiros a trabalhar no Brasil em 2014

No ano passado, 51.751 estrangeiros foram autorizados a trabalhar no Brasil, segundo dados divulgados este ano pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Foram 47.259 autorizações concedidas pela Coordenação Geral de Imigração do ministério (sendo 2.839 permanentes), e outras 4.492 pelo Conselho Nacional de Imigração.
Os italianos foram os que mais conseguiram autorizações permanentes para trabalhar no Brasil: 456 no total. Foram seguidos por japoneses (404) e portugueses (319). O principal destino desses estrangeiros foi São Paulo; depois, Rio de Janeiro, Ceará e Bahia.
Entre os vistos de trabalho temporários, a maioria foi para norte-americanos (5.742), seguidos por filipinos (4.542), britânicos (3.249), indianos (3.249) e italianos (2.132).
Além disso, 6.574 estrangeiros prorrogaram sua permanência no Brasil, e outros 1.721 tiveram suas autorizações temporárias transformadas em permanentes.
O número de estrangeiros no mercado formal de trabalho brasileiro cresceu 50,9% em três anos. Em 2011, eram 79.578 imigrantes, passando para 94.688 em 2012 e 120.056 em 2013.
Nesse período, os trabalhadores estrangeiros mais presentes no Brasil vieram de Portugal, Argentina, Bolívia e Paraguai. No mesmo período, o número de haitianos saltou de 814, em 2011, para 14.579 em 2013, o que representa um aumento de 1.691%.
Os dados fazem parte da Rais/MTE (Relação Anual de Informações Sociais do Ministério do Trabalho e Emprego) e também foram divulgados no final de março.
Destaque também para o aumento da presença de peruanos, com crescimento de 182,2% entre 2011 e 2013, e de colombianos (175,4%). Nos três anos, os estrangeiros da América Latina foram os que mais entraram no mercado de trabalho brasileiro. A foto mostra haitiano exibindo com orgulho sua carteira de trabalho do Brasil.

Segundo o Ministério do Trabalho, 51,751 mil pessoas foram autorizadas a trabalhar no país, ante 62,4 mil em 2013. Já autorizações dadas por todos os órgãos do governo entre 2011 e 2013 cresceram 50,9%

Share

Related posts