Primeira astronauta italiana chega à Estação Espacial

Após uma viagem de seis horas, a primeira astronauta italiana da história, Samantha Cristoforetti, chegou à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) nesta segunda-feira (24). A nave russa Soyuz, que partiu de Baikonur, no Cazaquistão, neste domingo (23) conseguiu fazer uma acoplagem perfeita na ISS. A italiana foi a primeira a entrar na Estação e não conseguia disfarçar a felicidade por realizar seu sonho de menina. Na sequência, entraram na ISS o russo Anton Shkaplerov e o norte-americano Terry W. Virts.

A missão “Futura” é a segunda de longa duração da Agência Espacial Italiana (ASI, na sigla em italiano) e ela também está representando a Agência Espacial Europeia (ESA).- sendo a única europeia no local.

Após o entusiasmo de descrever a sua primeira vez entre as estrelas, Samantha conversou com sua mãe diretamente do espaço e disse que “quando chegamos à Estação Espacial foi o momento perfeito para ver os paineis solares coloridos de laranja. Foi um momento estupendo, como tinham dito”. Ao ser questionada se o local era como ela havia sonhado, a astronauta respondeu que “era muito melhor”. Cristoforetti é a 59ª mulher a estar no espaço. Nos quase seis meses que ficará no espaço, ela precisará fazer cerca de 200 experimentos ao lado de seus colegas de ISS. Além disso, há várias experiências italianas que ela terá que testar como a impressora em 3D que, no futuro, permitirá a fabricação de peças de reparos para veículos espaciais diretamente no espaço. Ela também testará um sistema de bar que, além de preparar um café expresso para os astronautas, ainda fará uma análise do comportamento dos fluídos. Nutrição e saúde, aliás, serão os temas principais de sua missão. Ela ainda ainda terá como missão estudar o comportamento dos veículos de apoio para abastecimento de suprimentos para a aeronave. (ANSA)

Share

Related posts