Lytron
My Partner
cultureholidays

Toque de recolher entra em vigor na Tailândia

O toque de recolher imposto na Tailândia após o golpe de Estado anunciado nesta quinta-feira pelo Exército entrou em vigor às 22h locais (12h de Brasília), sem que se cumprisse a ameaça de cortar o serviço de internet.

No entanto, dez minutos antes do início do toque de recolher, os canais de televisão via satélite começaram a perder seus sinais de transmissão.

Carros e pessoas também circulavam pelas ruas de Bangcoc após o toque de recolher entrar em vigor, mas em um volume muito inferior ao habitual.

O tráfego na Avenida Sukhumvit, uma das principais artérias da capital, fluía sem nenhum ponto de congestionamento.

Já o metrô elevado deixou de operar uma hora antes do toque de recolher, e os principais shoppings fecharam suas portas duas horas antes para que seus empregados pudessem retornar para suas casas sem problemas.

As pessoas que devem desembarcar na capital da Tailândia nesta noite também terão problemas para conseguir pegar um táxi, tendo em vista que, antes do toque de recolher ser iniciado, uma longa fila de espera já era vista no principal aeroporto da capital (Suvarnabhumi).

O toque de recolher será concluído às 05h locais do dia seguinte (19h de Brasília do dia anterior).

O Conselho Nacional para a Paz e a Ordem, nome oficial da junta militar, também decretou o fechamento de todos os colégios até domingo.

O chefe do Exército da Tailândia, Prayuth Chon-Ocha, que há dois dias declarou a lei marcial no país, assumiu hoje todo o poder após considerar fracassadas as tentativas de um acordo entre o Executivo interino e os antigovernamentais.

Na sequência, Prayuth decretou o toque de recolher, proibiu as reuniões públicas, suspendeu a Constituição e ampliou a censura aos meios de comunicação estrangeiros.

O golpe militar, o 19º desde a queda da monarquia absolutista em 1932, põe fim a oito meses de manifestações antigovernamentais, que causaram 28 mortes e deixaram mais de 800 feridos em todo país.

O último levante ocorreu em 2006, quando o primeiro-ministro Thaksin Shinawatra foi deposto em meio às manifestações.

Na ocasião, os golpistas revogaram a Constituição, redigiram outra, que foi aprovada em referendo, e convocaram eleições no final de 2007.

Share

Related posts