Lytron
My Partner
cultureholidays

Papa Francisco deve abençoar o Maracanã durante a JMJ

 

Agenda do pontífice começa a ser definida nesta terça-feira, em reuniões do enviado do Vaticano alberto Gasbarri com autoridades locais e o arcebispo do Rio, dom Orani

Papa Francisco caminha entre os fiéis após missa de Páscoa na Praça São Pedro

Papa Francisco caminha entre os fiéis após missa de Páscoa na Praça São Pedro

A proximidade de datas entre a Jornada Mundial da Juventude e a Copa das Confederações deve criar alguns eventos de grande visibilidade no Rio de Janeiro – tanto para a Igreja Católica como para as competições esportivas. A agenda do papa Francisco, que começa a tomar forma nesta terça-feira, nas reuniões de autoridades locais com o representante do Vaticano que chefia o departamento de viagens internacionais do pontífice, Alberto Gasbarri, poderá incluir uma bênção ao Maracanã em julho. A Copa das Confederações acontece entre 15 e 10 de junho, e, três semanas depois, em 23 de julho, começa a JMJ.

Como é esperada a presença de grande volume de visitantes no Rio – só para a JMJ são aguardados 2 milhões de turistas – a cidade viverá um momento único, com a mistura de fãs de futebol e de fiéis nos pontos turísticos e nos grandes eventos. E, em se tratando de Brasil e de um papa argentino, é muito possível que os interesses se sobreponham em grande parte desse público. Os futebolistas mais fanáticos talvez estranhem o fato de um argentino abençoar o ‘templo’ da final da Copa de 2014. No entanto, como a bênção deve ocorrer depois de encerrada a primeira competição oficial da seleção brasileira no novo Maraca, haverá razões de sobra para entender que o sucesso ou o fracasso do time não guardam qualquer relação com o sagrado.

De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o evento no Maracanã está acertado, dependendo apenas da escolha de uma data. O cônego Marcos Williams Bernardo, diretor do setor de atos culturais da JMJ afirmou ao jornal que Francisco deve receber também atletas brasileiros no Maracanã.

O fato de o papa de agora ser mais jovem que Bento XVI ampliou as possibilidades de aparição do pontífice, que deve também visitar o santuário de Aparecida do Norte, no interior paulista, onde o papa esteve na condição de bispo de Buenos Aires, no ano de 2007, na 5ª Conferência Episcopal Latino-americana e Caribenha.

Share

Related posts