Lytron
My Partner
cultureholidays

Chávez: Cunhado desmente boatos

 Cunhado desmente boatos de morte ou piora de Chávez na Venezuela

Jorge Arreaza creditou rumores ‘bizarros e absurdos’ à direita.
Oposição quer que governo dê mais informações sobre estado do líder. 

O cunhado do presidente da Venezuela, Hugo Chávez, minimizou o que chamou de "rumores" que dão conta de que o líder morreu ou estaria morrendo vítima do câncer que trata desde meados de 2011.

"O lançamento de rumores bizarros e absurdos pela direita simplesmente os desacredita e os isola mais do povo", disse Jorge Arreaza, que também é ministro da Ciência, em sua conta de Twitter.

As especulações sobre o estado de saúde de Chávez, de 58 anos, aumentaram na quinta, alimentadas em parte pela declaração de Guillermo Cochez, ex-representante do Panamá na Organização dos Estados Americanos, de que Chávez teria morrido.

O jornal espanhol "ABC" afirmou  que Chávez foi levado, há vários dias, para a residência presidencial da ilha La Orchila, pois uma última tomografia mostrou que ele teria um tumor no pulmão esquerdo.

A oposição venezuelana exige que o governo dê informações mais detalhadas sobre o estado de saúde de Chávez e acusa os chavistas de estarem escondendo a verdade.

Além de algumas fotos que mostram Chávez em uma cama de hospital, ele não foi visto ou ouvido em público desde a cirurgia de câncer de 11 de dezembro em Cuba, sua quarta operação desse tipo. Ele voltou para um hospital militar em Caracas na semana passada.

O vice-presidente Nicolas Maduro, agora líder de fato da Venezuela e "herdeiro político" de Chávez, repetiu várias vezes durante a semana que o presidente estava "lutando por sua vida", e pediu aos venezuelanos que fossem pacientes com a situação.

Na rua, os venezuelanos estão extremamente ansiosos, sem parar de especular sobre o estado de Chávez e se perguntando o que o potencial fim de seu governo de 14 anos pode significar para eles.

 

 

 

Share

Related posts