Lytron
My Partner
cultureholidays

Japão: Diário de uma Viagem

 

Nossa visita ao Japão foi super legal! Nos aventuramos pelas ruas de Tóquio, conhecemos vários pontos  turísticos e tivemos a oportunidade de compartilhar nossas expêriencias com outros brasileiros que, como nós, estavam visitando Tóquio pela primeira vez. Visitamos o Ginza, o templo Asakusa, a torre de Tóquio, o Observatório, o Palácio Imperial, fizemos um pequeno cruise turístico pela cidade, conhecemos  o bairro do Shibuya. Saboreamos a comida japonesa e até comemos arroz com curry no café da manhã.

Os japoneses não falam inglês….e português….nem por um sonho. E foi uma experiência incrível poder nos comunicar com  eles através de gestos e expressões. E mesmo sem falar a língua, nos aventuramos para conhecer um pouco da cultura desse povo tão atencioso e educado.

Andamos de metrô e descobrimos como nos virar. Nos aventuramos e vivemos experiências super diferentes. Por isso, cada momento fica registrado na nossa memória como especial. Por isso, queremos compartilhar com vocês algums pontos turísticos da cidade.

Tóquio possui muitos pontos de interesse. Os mais conhecidos são:
. A Torre de Tóquio: uma torre de 333 metros de altura, localizada ao sul do Palácio Imperial. Super interessante. Agora foi construída uma nova torre, a mais alta do mundo, que também merece uma visita.
. O Palácio Imperial do Japão: a residência oficial do imperador do Japão. Porém, está aberta ao público apenas duas vezes ao ano, todo 2 de janeiro e no dia do aniversário do imperador. Nesses dias, atrai milhares de japoneses. Infelizmente pudemos visitar somente a área de fora do palácio.
. Os vários templos budistas de Tóquio atraem milhões de turistas e religiosos todo ano. Os templos mais famosos são o Templo Meiji em Yoyogi e o templo Sensoji em Asakusa. Tivemos a oportunidade de visitar o de Asakusa.
. Não podemos deixar de visitar Tóquio e conhecer dois bairros super in: Ginza, onde temos as lojas mais famosas do mundo e restaurantes super legais e o Shibuya, um bairro bem interessante, jovem e com vários restaurantes japoneses e internacionais. Parece uma Nova Iorque japonesa, com seus letreiros luminosos.
. Os belos jardins e parques de Tóquio atraem muitas pessoas. Um dos parques mais populares de Tóquio é o Parque Ueno, famoso pelas suas raras espécies de flores. O Parque Yoyogi também atrai muitos visitantes.
. O Observatório da Tokio Station também merece uma visita. De lá, temos vistas maravilhosas da cidade, em 360 graus. Eu particurlamente gostei mais da vista do Observatório do que da Torre de Tóquio.
. Tóquio tem dezenas de museus da arte, história, ciência e tecnologia. O museu mais importante do Japão é o Museu Nacional de Tóquio, dentro das dependências do Parque Ueno. O conjunto de edifícios que formam o museu contém a maior coleção de arte japonesa no mundo (90 mil peças). O alcance museográfico abriga a história do Japão, desde tempos pré-históricos até a era moderna.
. O Museu Metropolitano de Arte, fundado em 1926, está dividido em uma galeria que expõe os trabalhos de artistas nacionais contemporâneos; e uma destinada a trabalhos de artistas estrangeiros.
. O Museu Shitamachi, localizado na esquina sudeste do parque Ueno, está dedicado a preservar a cultura tokiota da era Edo.
. O Mingeikan é um Museu fundado por Yanagi Muneyoshi em 1931, consagrado para o artesanato popular de todo o país.
. O Museu Goto mostra a coleção privada de arte budista, propriedade de Goto Keita, presidente da Tokyu Corporation. Neste museu se encontram rollos pertencentes ao século XII, que contam a legenda de Genji em pinturas de Fujiwara Takayoshi.
. Vale a pena fazer um cruise e ter a oportunidade de ver os grandes arranha céus e vários prédios estruturais da cidade.

 

Share

Related posts