Boom imobiliário ajuda a redescobrir o Rio

Em entrevista, Eduardo Paes afirma que prefeitura quer estimular o crescimento em áreas abandonadas da cidade.

A forte valorização imobiliária desde que o Rio ganhou o direito de sediar os Jogos Olímpicos de 2016 é boa para a cidade e ajuda a valorizar áreas que estavam degradadas, como bairros do subúrbio e da zona norte, afirma o prefeito Eduardo Paes.

"As pessoas começam a construir e a redescobrir esses lugares", disse Paes em entrevista.

O prefeito diz concordar que a expansão da cidade dentro de seu próprio território é negativa, como alertam urbanistas, e afirma que a prefeitura vem fazendo o esforço de "requalificar" áreas centrais que estavam abandonadas, citando o exemplo da zona portuária.

"Está corretíssima essa crítica. Não há nada pior para a cidade do que crescer em seu território, é muito mais caro", afirmou o prefeito em entrevista no fim de janeiro.

Questionado sobre se a construção do Parque Olímpico na zona oeste e a ampliação da rede de transporte público na região não poderiam incentivar o crescimento da cidade naquela área, Paes disse acreditar que não.

Ele defende o aumento da infraestrutura na Barra e afirma que o mercado imobiliário do bairro "salvou" a zona sul, trazendo opções de moradia para a classe média alta e reduzindo a pressão sobre os bairros da região.

Related posts