Adeus ao cantor Pery Ribeiro, filho de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins

O cantor e compositor Pery Ribeiro, 74 anos, morreu na manhã do dia 24 de fevereiro, vítima de um infarto agudo do miocárdio, no Rio de Janeiro. Pery estava internado há 30 dias no Hospital Universitário Pedro Ernesto, em Vila Isabel, zona norte do Rio, para o tratamento de uma endocardite.

Segundo a esposa do cantor, a empresária Ana Duarte, Pery estava com alta programada. O velório aconteceu na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro.
Peri Oliveira Martins nasceu no Rio de Janeiro no dia 27 de outubro de 1937. Era filho de Dalva de Oliveira e Herivelto Martins. Tinha seis irmãos (quatro por parte de pai, um de pai e mãe, e uma irmã adotiva, por parte de mãe). Casado há mais de 20 anos com Ana Duarte, Pery deixa os filhos Paula, do seu primeiro casamento, e o produtor de comerciais Bernardo Martins.

O primeiro disco do cantor foi gravado em 1960, mesmo ano em que estreou como compositor com a música "Não Devo Insistir", com Dora Lopes. Foi intérprete de "Manhã de Carnaval" e "Samba de Orfeu", ambas de Luiz Bonfá e Antônio Maria, além de ter registrado, em "Pery é todo bossa", a primeira gravação comercial de "Garota de Ipanema" (Tom Jobim e Vinicius de Moraes). Também lançou os sucessos "Samba de Verão", "Barquinho", "Rio" e "Você".
Nos últimos meses, o cantor trabalhava para realizar um tributo aos pais, Dalva e Herivelto, em um show sinfônico com 42 músicos regidos por Amilton Godoy, no ano do centenário do nascimento de Herivelto.
 

Share

Related posts