Lytron
My Partner
cultureholidays

EUA negam que deportarão adolescente brasileira que sobreviveu

As autoridades de imigração americanas negaram nesta quarta-feira que estejam planejando deportar a jovem brasileira Lidiane Carmo, que sobreviveu ao acidente que ocorreu no domingo passado na Flórida e que causou a morte de 11 pessoas, entre elas seus pais, irmão e tio.

"Não tivemos nenhum contato com a família Carmo e não temos interesse nesse caso, apenas demos nossas condolências à jovem e sua família", declarou um porta-voz do Escritório de Imigração e Alfândegas (ICE).

O funcionário negou a informação divulgada na imprensa americana de que a adolescente de 15 anos poderia ser deportada para o Brasil assim que se recuperasse das lesões sofridas no acidente.

A jovem permanece internada num hospital da Flórida mas a previsão é de que receba alta em breve. Alguns membros da família Carmo disseram a meios de comunicação locais que temiam que ela fosse deportada, já que Lidiane é uma imigrante ilegal.

"Espero que ela possa viver aqui conosco", disse Marcia Silvia, parente da adolescente que sobreviveu ao acidente. No domingo passado, 12 veículos colidiram numa estrada no norte do estado, devido a um forte nevoeiro causado por um incêndio florestal.

O pastor José Francisco do Carmo Junior, 45 anos, a esposa Adriana do Carmo, 42 anos, a filha mais velha, Letícia do Carmo, de 17 anos, o irmão José Edison Carmo, de 42 anos e a cunhada Roselia Fagundes, de 44 anos, estão entre as vítimas do acidente automobilístico que matou 10 pessoas em Gainesville, na Flórida, no dia 29 de janeiro. José Francisco do Carmo Junior era o pastor do Ministério Internacional Restauração de Atlanta, parte do Ministério Internacional da Restauração que tem como líder nacional o pastor Rene Terranova. Todas as vítimas pertencem à igreja de Atlanta. Eles retornavam de uma viagem a Orlando, onde participaram de um encontro religioso. Somente a filha mais nova do pastor, Lidiane Carmo, de 15 anos, sobreviveu ao acidente.

Share

Related posts