10 Cidades para Fãs da música conhecer

Algumas cidades se destacam por ser particularmente musicais e, por isso, atraem fanáticos por música do mundo inteiro. Outras são cidades que mereceriam a visita de qualquer jeito, e ficam ainda melhores quando acompanhadas por música ao vivo, shows, e divertidas baladas. A Linha Aberta selecionou dez cidades para curtir ao ritmo de música.

NEW Orleans, EUA
Maior cidade da Louisana, no sul dos Estados Unidos, New Orleans é conhecida por ser a capital mundial do jazz. Não é preciso ir muito longe para encontrar bandas de jazz ao vivo, seja em bares ou com artistas de rua na Bourbon Street. Anualmente, entre o final de abril e o começo de maio, New Orleans recebe o Jazz Fest, maior festival de jazz do mundo. Muitos turistas visitam a cidade também durante o Mardi Gras, um dos mais famosos carnavais do planeta.

Salvador, Bahia, BRASIL
Com artistas como Caetano Veloso e Gilberto Gil, entre muitos outros, a Bahia teve um papel muito importante na história da MPB. As diversas influências culturais fazem de Salvador um ponto de encontro de muitos estilos musicais, que podem ser apreciados em shows ao vivo todo ao longo do ano. O Museu da Música Brasileira mostra a história da música nesta cidade que é um dos pilares da música do País. E, durante o Carnaval, as ruas são tomadas por samba e axé e a diversão corre solta.

Paris, França
A beleza e o charme de Paris ficam ainda mais agradáveis quando acompanhados da música de um violino ou de um saxofone tocados por um artista de rua à beira do rio Sena. A capital francesa tem uma cena musical muito rica e variada, com shows de artistas do mundo inteiro durante todo o ano. Há de tudo: dos maiores artistas pop e rock americanos a artistas africanos e DJs, música clássica, étnica, jazz… A cada noite de 21 de junho, para comemorar a chegada do verão, a cidade recebe a "Fête de La Musique", a festa da música, com músicos se apresentando em ruas e praças.

Memphis, Tennessee, EUA
A cidade de Memphis, no Tennessee, foi imortalizada pelo "Rei" Elvis Presley, que viveu nela grande parte de sua vida até sua morte, em 1977. Graceland, mansão de Elvis, virou um ponto de peregrinação para fãs do mundo inteiro. Memphis foi uma cidade importante para o rock, mas também para a soul e o rythm and blues, como provam o Stax Museum (Museu da soul americana) e a Sun Records, gravadora onde artistas como Elvis e Johnny Cash deram seus primeiros passos.

Rio de Janeiro, BRASIL
Causaria controvérsia dizer que o Rio de Janeiro é a capital do samba – afinal, este gênero não pertence a uma cidade e sim ao País inteiro. Mas é inegável que a capital carioca respira samba. Durante todo o ano, samba e choro fazem parte do dia a dia dos cariocas em shows, bares, e casas dedicadas. E se o ano inteiro a região de Arcos da Lapa atrai fanáticos dos mais diversos estilos, o ápice é atingido durante o Carnaval, evento que atrai milhares de turistas do mundo inteiro loucos para dançar no sambódromo ou atrás de blocos nos carnavais de rua.

Nova York, EUA
A Grande Maçã vive numa variada trilha sonora: quando não há shows de artistas ou DJs famosos tocando em algumas de suas numerosas discotecas, artistas de rua tomam as calçadas das principais ruas turísticas e do Central Park. Este último recebe o palco principal do Summer Stage, festival de música realizado durante os meses do verão americano, com artistas do mundo inteiro tocando no parque e em palcos espalhados pela cidade.

São Paulo, BRASIL
São Paulo, a "terra da garoa", foi imortalizada em inúmeras músicas, inspirando artistas paulistanos e do Brasil inteiro com sua imensidão e seu agito constante. Semelhante tamanho e mistura de culturas, só poderia dar uma cidade com aspecto musical tão grande quanto. Samba, rock, sertanejo, música eletrônica, e muito mais, indo do mais pop ao mais alternativo, é tudo o que pode ser encontrado nas diferentes baladas, bares, botecos e casas de show da cidade.

Viena, Áustria
Bastariam eles: Mozart e Beethoven. Mas são muitos dos maiores músicos clássicos da história que já viveram ou tocaram em Viena. Merecidamente considerada capital da música clássica, a oferta é grande: a temporada de concertos dura de setembro a junho, e há nove festivais por ano e performances especiais. Nada melhor do que ver um concerto em grande estilo na Filarmônica da cidade, no Wiener Konzerthaus.

Buenos Aires, Argentina
Buenos Aires faz pensar em tango, o gênero musical típico do país dos hermanos. Aulas, espetáculos, e bares e restaurantes com shows de música e dança ao vivo são algumas das opções para curtir e aprender mais sobre esta música romântica e glamorosa. Mas a capital argentina não vive só de tango: rock, músicas tropicais, reggae e muita música eletrônica em suas numerosas baladas também fazem parte da cena musical portenha.

Ibiza, Espanha
A bela ilha espanhola de Ibiza, no Mediterrâneo, atrai jovens do mundo inteiro em busca de suas praias e de suas baladas inigualáveis durante os meses de verão da Europa. As festas são agitadas ao ritmo de muita música eletrônica, com todos os estilos imagináveis, e todos os melhores DJs do mundo que balançam as pistas de baladas míticas como Pachá e Amnésia.
 

Related posts