2011: Luxemburgo faz balanço positivo

Com vaga na Libertadores 2012, equipe carioca já planeja temporada 2012

Gilmar e Ronaldinho disputam a bola, durante partida entre Vasco e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro - 04/12/2011

Gilmar e Ronaldinho disputam a bola, durante partida entre Vasco e Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro – 04/12/2011 

O Flamengo comemorou um ano produtivo após o empate com o Vasco, domingo, no Engenhão, pela última rodada do Brasileirão. O resultado levou o time à Libertadores de 2012 e, somado ao título estadual conquistado no primeiro semestre, foi o suficiente para o técnico Vanderlei Luxemburgo considerar positiva a temporada flamenguista. A meta agora é reforçar o elenco e renovar com jogadores importantes. A principal questão será contornar o impasse contratual de Ronaldinho Gaúcho e mantê-lo na até a temporada 2014.

Ronaldinho Gaúcho está sem receber a maior parte de seu salário mensal de 1,2 milhão reais por conta de cláusulas contratuais que causam desencontros entre Flamengo e Traffic, a empresa de marketing que viabilizou a contratação dele. Agora sem a disputa em paralelo do Brasileirão e com a Libertadores no calendário, a esperança é pela permanência do astro no elenco flamenguista.

"Estamos preparando a temporada que vem há muito tempo, analisando jogadores e possíveis contratações. Já havia um trabalho, mas agora vamos intensificar. Com relação ao Ronaldo, é uma situação complexa que envolve a empresa que o patrocina. Vamos ver como isso vai se resolver", disse Luxemburgo, que destacou as conquistas também fora de campo – ele exigiu que o clube se empenhasse na construção de um centro de treinamento. "Foi uma temporada boa, conseguimos nossos objetivos, avançamos na construção do CT. 

Outra das prioridades flamenguistas será a aquisição dos direitos econômicos do meia Thiago Neves, para assinar com ele um contrato de longa duração. Os dirigentes do clube já acertaram a compra por 18 milhões de reais, mas precisam negociar a forma de parcelamento do pagamento com o Al Hilal.

Share

Related posts