My Partner
Census
Lytron
cultureholidays

Israel liberta segunda leva de prisioneiros palestinos

Israel prepara, hoje, soltar 550 prisioneiros palestinos, na segunda e final parte de um acordo com os militantes do Hamas que trouxe de volta um soldado israelense depois de cinco anos de cativeiro. O acordo prevê a troca de um total de 1.027 prisioneiros pelo sargento Gilad Schalit, que foi capturado pelos militantes da Faixa de Gaza em junho de 2006. Schalit voltou para casa em outubro, quando Israel libertou a primeira leva de 477 prisioneiros. A operação de hoje completa o acordo.

Funcionários da prisão informaram que os prisioneiros que estão sendo libertados hoje possuem sentenças leves ou estão perto do fim de sua condenação. Apenas 41 irão retornar para Gaza. Mais de 500 serão enviados para a Cisjordânia, que é governado pelo presidente Mahmoud Abbas, do movimento Fatah, rival do Hamas. Estima-se que muitos dos prisioneiros libertados hoje tenham ligações com Abbas.

Israel tem interesse em apoiar Abbas em um momento em que grupos islâmicos, como o Hamas, estão aumentando seu poder em todo Oriente Médio. Ao contrário do Hamas, Abbas apoia um acordo pacífico com Israel.

Share

Related posts