Dois times e 93% de chances

Fluminense, Figueirense, Botafogo e Flamengo têm apenas chances matemáticas

O Vasco tem 43% de chances de ser campeão, segundo o site Infobola

O Vasco tem 43% de chances de ser campeão, segundo o site Infobola

Num campeonato marcado pela imprevisibilidade, afirmar categoricamente que a quatro rodadas do fim do Campeonato Brasileiro a disputa pelo título ficou reduzida a Corinthians e Vasco é um risco. Mas ao menos a matemática está do lado do time paulista e da equipe carioca. Com 12 pontos a serem disputados daqui até o dia 4 de dezembro, e cinco de vantagem para Fluminense e Figueirense, parece cada vez mais improvável que a taça de campeão pegue um caminho diferente do Parque São Jorge ou de São Januário.

De acordo com o site infobola, do matemático Tristão Garcia, o Corinthians tem 50% de chances de conquistar o título brasileiro. Com os mesmos 61 pontos que o time paulista, mas uma vitória a menos, o time carioca aparece com 43% de chance. Mas tudo pode mudar com os resultados deste meio de semana e nem o fato de o Vasco ser o único que disputa duas competições – o time está na semifinal da Copa Sul-Americana – pode significar uma vantagem para o Corinthians, pois os cariocas já mostraram que conseguem se superar nas horas mais difíceis.

Na reta final, o Vasco terá o Palmeiras em São Paulo na próxima quarta-feira, o Avaí no sábado, e nas duas últimas rodadas clássicos contra Fluminense e Flamengo. No meio disso tudo, os jogos semifinais da Sul-Americana. Já o Corinthians joga contra o Ceará na quinta-feira, o Atlético-MG no domingo e Figueirense e Palmeiras nos dois últimos jogos.

– Estamos na cola. Acho que a disputa vai até a última rodada – previu o goleiro Fernando Prass.

Para o técnico Cristóvão Borges, o desgaste do time, que joga duas competições ao mesmo tempo, é compensado com a juventude de muitos dos seus jogadores.

– A parte jovem do time é grande. Sabemos das exigências e do desgaste físico e psicológico. Quarta-feira (contra o Universitário) foi duro, o desgaste foi grande, mas com o plantel que temos conseguimos superar isso – afirmou.

O técnico Tite também exaltou o poder de superação do Corinthians:

– Esse grupo tem a alma muito forte – elogiou.

– Os atletas estão passando dos limites porque têm muito caráter, alma, fibra – completou Tite, citando os problemas físicos que Liédson, Willian, Jorge Henrique e Paul André superaram para jogar.

Para demais cariocas, briga pela Libertadores

Com tropeços para Coritiba e América-MG e a derrota no clássico, Flamengo, Fluminense e Botafogo agora só podem pensar em vencer os quatro jogos que restam e ainda torcer por tropeços dos rivais para conquistar o título. As chances do Fluminense são de apenas 3%, um ponto percentual a mais do que as do Figueirense. Fla e Botafogo têm apenas 1% de chances de ser campeão.

Na reta final, o Flu enfrenta Grêmio (casa), Figueirense (fora), Vasco e Botafogo. Já o Fla pega Figueirense (casa), Atlético-GO (fora) Inter (casa) e o Vasco. O Botafogo terá pela frente o América-MG (fora), Inter (casa), Atlético-MG (fora) e o Fluminense. Sensação do segundo turno e há 13 jogos invicto, o Figueirense enfrentará o Flamengo (fora), Fluminense (casa), Corinthians (casa) e o Avaí (fora).

A briga dos quatro parece mais reduzida pelas três vagas que restam na Libertadores (o Corinthians está praticamente no torneio com 99% de chance). O Flu tem 76% de chance de disputar o torneio, enquanto o time catarinense aparece com 71%. Botafogo e Flamengo vem com 56% e 52%, respectivamente.

O quarteto ainda pode ser surpreendido pelo São Paulo (25% de chance). Coritiba (10%), Inter (10%) e Grêmio (1%) têm pequenas chances.

Batalha contra o rebaixamento

Na luta contra o rebaixamento, a disputa está reduzida a seis times. Apesar da arrancada espetacular depois de vencer Corinthians e Fluminense, o América-MG ainda têm 99% de chance de cair. Mesmo percentual do Avaí, o último colocado do Brasileiro com 28 pontos, dois a menos do que os mineiros.

O futebol mineiro, aliás, ainda corre risco de ter pelo menos dois times rebaixados. O Cruzeiro é o primeiro time fora da zona de rebaixamento e tem 28% de chance de cair. Atrás da equipe vêm Ceará (77%) e Atlético-PR (86%). Depois da arrancada comandada pelo técnico Cuca, o Atlético-MG reduziu suas chances de cair para 9%.

Related posts