Macacos conseguem movimentar e sentir objetos usando apenas seus cérebros

 

Pela primeira vez, um pesquisador brasileiro demonstrou ser possível a construção de um avatar que permite a comunicação bidirecional com um ser vivo

Pela primeira vez na história, um pesquisador brasileiro conseguiu realizar a comunicação bidirecional entre o cérebro de um primata e um corpo virtual. Na pesquisa – realizada por Miguel Nicolelis e apresentada nesta quarta-feira, 5, na revista Nature – os cientistas demonstraram ser possível a construção de um avatar mecânico movido apenas com a atividade cerebral do primata e que também permite ao primata identificar a textura de objetos. 

Segundo Nicolelis, essa pesquisa permitirá, no futuro, que pacientes tetraplégicos não apenas recuperem o movimento de seus braços e pernas, como também sintam as texturas dos terrenos por onde estiverem andando, facilitando o uso de exoesqueletos. O pesquisador realizou o trabalho pela Universidade de Duke, nos Estados Unidos, onde é co-diretor do Centro de Neuroengenharia.

Share

Related posts